Referenciais teóricos-metodologicos: sequencias didáticas com tecnologias no Ensino de Matemática na Educação Básica

Autores

  • Edvaldo Lopes Nascimento Universidade Cruzeiro do Sul
  • Juliano Schimiguel Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v8i2.1281

Palavras-chave:

Teorias de Ensino Aprendizagem, TIC, Sequência Didática

Resumo

Neste artigo apresentamos uma análise das pesquisas envolvendo as Tecnologias Digitais e seu uso na sala de aula. Nosso cenário de investigação foi constituido pelas publicações que abordam essa temática no site Banco de Teses e Dissertações da Capes. Como procedimento metodologico realizamos a análise dos textos encontrados onde se combinava elementos teóricos e metodologicos que pudessem ser reproduzidos em sala de aula no ensino de Matemática, assim, doze sequencias didáticas que traduziam bem o objetivo de fornecer ao professor arsenal prático e exemplos para que tenha otimização do seu tempo e capacitação em atender as necessidades da presente geração. Seus resultados foram apontados como favoráveis ao ensino aprendizagem e podem contribuir para que o professor tenha uma melhor qualidade no aproveitamento do seu contato com o aluno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edvaldo Lopes Nascimento, Universidade Cruzeiro do Sul

Aluno do Programa de Pós Graduação Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática

Orientador Prof. Dr. Juliano Schimiguel

Juliano Schimiguel, Universidade Cruzeiro do Sul

PROF.DR.JULIANO SCHIMIGUEL

PROFESSOR DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO UNICSUL

Referências

ALMOULOUD, S. A. Fundamentos da Didática da Matemática. Editora UFPR. Curitiba.2007.

ALVES, F. R. V. . Engenharia Didatica para a generalização da sequência de Fibonacci: Uma experiência num curso de licenciatura. Educação Matemática Pesquisa São Paulo, v. 18, n. 1, p. 61–93, 2016.

ASSUMPÇÃO, P. G. S. Perímetro e Área: Uma Engenharia Didática utilizando o Geogebra sob o olhar das Representações Semióticas. Santa Maria - RS, Brasil: Universidade Federal de Santa Maria, 2015.

CHEREGUINI, A. L. C. Exploração do conceito de multiplicação de matrizes através de tecnologias digitais: sites e softwares Educativos. São Carlos -SP, Brasil: Universidade Federal de São Carlos, 2013.

FELIX, ANÁGELA C. M.; SALVI, R. F. Estudo da semiótica mediado por um objeto de aprendizagem: uma combinação possível. REVEMAT, v. 11, n. 1, p. 36–53, 2016.

FERNANDES, E. A. Geometria, Modelagem e Código de Barras na construção de Luminárias. São Carlos/SP, Brasil: Universidade Federal de São Carlos, 2013.

FIORENTINI, D. Investigação em Educação Matemática: Percursos Teóricos e Metedológicos. Campinas, SP. Autores Associados, 2006. (Coleção Formação de Professores).

FIOREZE, L. A. Atividades Digitais e a Construção dos Conceitos de Proporcionalidade: Uma Análise a Partir da Teoria Dos Campos Conceituais. Porto Alegre - RS, Brasil: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2010.

FREITAS, R. A. M. M. Ensino por problemas: Uma abordagem para o Desenvolvimento do aluno. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 403-418, abr/jun. 2012

LIMA, M. A. O conceito de sustentabilidade em ambiente de modelagem matemática. Porto Alegre - RS, Brasil: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2014.

MACHADO, E. S. Modelagem Matemática e Resolução de Problemas. Porto Alegre - RS, Brasil: Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2006.

MARTINS, F. L. F. Instrumentos virtuais de desenho e a argumentação em geometria. Porto Alegre - RS: UFRGS, 2012.

OLIVEIRA, A. S. DOS S. Uma Engenharia Didática para o Ensino das Operações com Números Racionais por meio de calculadora para o quinto ano do ensino fundamental. São Paulo, Brasil: Pontifícia Universidade Católica, 2015.

OSTERMANN, FERNANDA;CAVALCANTI, C. J. DE H. Teorias de aprendizagem. UNIVERSIDADE ABERTA, p. 58, 2011.

SANTOS, FÁBIO A.; QUARTIERI, M. T. Modelagem Matemática e bicicleta: Investigação do custo benefício deste meio de transporte. Revista de Educação, Ciências e Matemática, v. 4, n. 3, p. 67–78, 2014.

SILVA, J. C. E. A aprendizagem baseada em problemas e o software Geogebra no Ensino das Funções Matemáticas. São Paulo/SP, Brasil: Universidade Cruzeiro do Sul, 2015.

TOJO, B. N. Concepção de uma sequência didática para o ensino/ aprendizagem da congruência. São Paulo/SP, Brasil: Pontifícia Universidade Católica, 2006.

Downloads

Publicado

2017-07-05

Como Citar

NASCIMENTO, E. L.; SCHIMIGUEL, J. Referenciais teóricos-metodologicos: sequencias didáticas com tecnologias no Ensino de Matemática na Educação Básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 115–126, 2017. DOI: 10.26843/rencima.v8i2.1281. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1281. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>