A Química dos tecidos têxteis abordada por meio de estudo de casos

  • Valesca Vargas Vieira Universidade Federal de Santa Maria
  • Mara Elisa Fortes Braibante Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Tecidos têxteis, Estudo de Caso, Ensino de Química

Resumo

Os professores ao longo dos anos vêm enfrentando grandes desafios no ensino, principalmente na área das ciências como a Química, pois os alunos a consideram muitas vezes distantes do seu dia a dia. Nesta perspectiva o presente trabalho propõe utilizar uma contextualização por meio da temática “Tecidos Têxteis” aliada aos estudos de casos, com o intuito de tornar os conteúdos de química abordados mais próximos da realidade do estudante e desta maneira auxiliá-los na construção do seu conhecimento. Neste contexto, este trabalho foi desenvolvido com estudantes da terceira série do ensino médio, a partir de uma proposta aplicando a metodologia de estudo de casos, tendo como finalidade de favorecer a aprendizagem. Por meio desta metodologia buscou-se desenvolver a capacidade de tomada de decisão e resolução de problemas por parte dos estudantes, bem como a comunicação oral e escrita, o estímulo a pesquisa e capacidade de trabalhar em grupo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, J. E. P., CORREA, A. R., SILVA, C. V. G. F. Pólo de tecelagem plana de fibras sintéticas da região de Americana. Rio de Janeiro: BNDES. fev. 2001.

BARBOSA, M. C.; ROSA, S. E. S.; CORREA, A. R.; DVORSAK, P.; GOMES, G. L. Setor de fibras sintéticas e suprimento de intermediários petroquímicos: Complexo têxtil, BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 20, p. 77-126, set. 2004.

BRAIBANTE, M. E. F.; PAZINATO, M. S. O ensino de Química através de temáticas: contribuições do LAEQUI para a área. Ciência e Natura, v. 36, Ed. Especial II, p. 819 816, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação básica. Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. v. 2. Brasília, 2006.

BENINI, K. C. C. C. Desenvolvimento e caracterização de compósitos poliméricos reforçados com fibras lignocelulósicas: Hips/fibra da casca do coco verde e bagaço de cana de açúcar. 2011. 125 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica na área de Materiais) - Universidade Estadual Paulista, Guaratinguetá, 2011.

BERG, J. M.; TYMOCZKO, J. L.; STRYER, L. Bioquímica. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan LTDA, 2010, 1114p.

BOBBIO, F. O.; BOBBIO, P. A. Introdução à química dos alimentos. 2. ed. São Paulo: Livraria Varela, 1992. 231 p.

BRANDÃO, E. M.; ANDRADE, C. T. Influência de fatores estrturais no processo de gelificação de pectinas de alto grau de metoxilação. Polímeros Ciência e Tecnologia, São Carlos-SP, v.9, n.3, p.38-44, jul/set. 1999.

CACHAPUZ, A.; GIL-PEREZ D.; CARVALHO de, A. M. P.; PRAIA, J.; VILCHES, A. (organizadores). A necessária renovação do ensino de Ciências. 2. ed. São Paulo: Editora Cortez, 2011.

CARVALHO, J. G. Tratamentos térmico e corona em tecido de poliéster. 2011. 84 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2011.

CONMETRO. Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Resolução nº 02 de 6 de maio de 2008, que dispõe sobre a aprovação do regulamento Técnico Mercosul Etiquetagem de Produtos Têxteis, Brasília, DF, 6 maio. 2008.

CORREIA, E. A. S. Compósitos de matriz geopolimérica reforçados com fibras vegetais de abacaxi e de sisal. 2011. 96 p. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2011.

COUTEUR, P. L.; BURRESON, J. Os botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a história. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 2006. 343p.

GUIMARÃES, B. M. G. Estudo das características físico-químicas de fibras têxteis vegetais de espécies de Malvaceae. 2014. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

FENGEL, D.; WEGENER , G. Wood: chemistry, ultrastructure, reactions. New York: Walter de Gruyter, 1989, 612 p.

FERRI, M. G. Plantas produtoras de fibras. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária (E.P.U.), 1976, p.43.

HERREID, C. F. What makes a good case? Journal of College Science Teaching, v. 27, n. 3, p. 163 – 165, dez. 1997/jan. 1998.

KUASNE, A. Fibras têxteis: Curso têxtil em malharia e confecção 2º módulo: apostila. Araranguá: Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina, 2008. 90 p.

LEÃO, M. A. Fibras de licuri: um reforço alternativo de compósitos poliméricos. 2008. 109 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.

MARCONDES, M. E. R.; Proposições metodológicas para o Ensino de Química: Oficinas Temáticas para a Aprendizagem da Ciência e o Desenvolvimento da Cidadania. Revista Em extensão, Uberlândia, vol. 7, p. 67-77, 2008.

MIRANDA, A. C. G.; BRAIBANTE, M. E. F., PAZINATO, M. S., VASCONCELOS, F. O. Atividades Experimentais e Estudo de Caso Aliados a Investigação Criminal: estratégias metodológicas para o Ensino de Química. Revista Brasileira de Ensino de Química, v.9, n. 2, p. 48-60, 2014.

MIÚRA, M.; MUNOZ, S. P. V. Manual técnico têxtil e vestuário: Fibras têxteis. São Paulo: SENAI, 2015.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. do C. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Revista Ciência & Educação, v. 12, n. 1, p. 117-128, 2006.

MOREIRA, M. A.; Teorias de aprendizagem. São Paulo: EPU, 1999.

MWAIKAMBO, L. Y.; ANSELL, M. P. Chemical modification of hemp, sisal, fibers by alkalization. Journal of Applied Polymer Science, United Kingdom, v. 84, p. 2222-2234, 2002.

NELSON, D. L.; COX, M. M. Lehninger princípios de bioquímica. 4. ed. São Paulo: Editora Sarvier, 2006. 1202 p.

PAZINATO, M. S. Alimentos: uma temática geradora do conhecimento químico. 2012. 177 p. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) – Universidade Federal de Santa Maria, 2012.

PEREIRA, G. S. Materiais e processos têxteis: apostila. Araraguá: Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia, 2009. 94 p.

PEZZOLO, D. B. Tecidos: história, tramas, tipos e usos. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2007. 328p.

SÁ, L. P.; QUEIROZ, S. L. Estudo de Casos no Ensino de Química. Campinas: Editora Átomo, 2009. 95 p.

SANCHES, R. A. Procedimento para o desenvolvimento de tecidos de malha a partir de planejamento de experimentos. 2006. 189 p. Tese (Doutorado Engenharia Mecânica) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2006.

SANTOS, W. L. P. dos, MÓL, G. de S.; SILVA, R. R. da; CASTRO, E. N. F. de; SILVA, G. de S.; MATSUNAGA, R. T.; FARIAS, S. B.; SANTOS, S. M. de O.; DIB, S. M. F.; Química e Sociedade: Uma Experiência de Abordagem Temática para o Desenvolvimento de Atitudes e Valores. Revista Química Nova na Escola, São Paulo, n. 20, p. 11-14, nov., 2004.

SILVA, E. L, da; MARCONDES, M. E. R.; Contextualização no ensino de ciências: significados e epistemologia. In: SANTANA, E; SILVA, E. (Org.) Tópicos em Ensino de Química. São Carlos, SP: Editora Pedro e João Editores, 2014.

SILVA, R.; HARAGUCHI, S. K.; MUNIZ, E. C.; RUBIRA, A. F. Aplicações de fibras lignocelulósicas na química de polímeros e compósitos. Química Nova, v. 32, p. 661-67, 2009.

SILVA, A. A organização do trabalho na indústria do vestuário: uma proposta para o setor da costura. 2002. 128 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

SERRA, F.; VIEIRA, P. S. Estudos de casos: como redigir, como aplicar. Rio de Janeiro: LTC, 2006.

SORGER, R., UDALE, J. Fundamentos de Design de Moda. Porto Alegre: Bookman, 2009.

ROMERO, L. L.; VIEIRA, J. O. W. M.; MARTINS, R. F.; MEDEIROS, L. A. R. Fibras artificiais e sintéticas. Relato Setorial, Rio de Janeiro, n. 1, p. 1-33, jun. 1995.

Publicado
2017-04-07
Como Citar
VIEIRA, V. V.; BRAIBANTE, M. E. F. A Química dos tecidos têxteis abordada por meio de estudo de casos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 8, n. 1, p. 26-45, 7 abr. 2017.
Seção
Artigos Gerais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)