A construção do conceito de número e do Sistema Decimal nas aritméticas editadas para as escolas paroquiais luteranas do século XX no Rio Grande do Sul

Palavras-chave: História da Educação Matemática, Conceito de Número, Sistema Decimal, Livros de Aritmética, Cultura Escolar

Resumo

Em 1900, o Sínodo de Missouri, hoje Igreja Evangélica Luterana do Brasil, iniciou missão nas colônias alemãs do Rio Grande do Sul, fundando congregações religiosas e escolas paroquiais. Tais escolas buscavam ensinar a língua materna, Matemática, valores culturais, sociais e, principalmente, religiosos. O artigo discute a construção do conceito de número e do sistema decimal nas aritméticas editadas pela Igreja Luterana para as escolas paroquiais luteranas gaúchas do século passado. O estudo está fundamentado no referencial da pesquisa histórica e do conceito de cultura escolar. Analisando-se as edições da Primeira Aritmética da série Ordem e Progresso e da série Concórdia e as duas edições da Segunda Aritmética da série Concórdia, observou-se a construção do conceito de número pelo método de ensino intuitivo, predominando associações com elementos do contexto dos alunos das escolas paroquiais. Na construção do sistema decimal foram utilizados materiais concretos e o quadro valor lugar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arno Bayer, Universidade Luterana do Brasil

 

Referências

BRITTO, Silvio Luiz Martins. O ensino da aritmética nas escolas paroquiais católicas e no Ginásio Conceição, sob a ótica dos jesuítas nos séculos XIX e XX. 2016. 464 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Luterana do Brasil, Canoas/RS, 2016.

CERTEAU, Michel de. A escrita da História. Tradução Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares - reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 2, p. 177-229, 1990.

GOERL, Otto Adolpho. Série Concórdia: Primeira Aritmética. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, [194-a].

GOERL, Otto Adolpho. Série Concórdia: Segunda Aritmética. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, [194-b].

IGREJA LUTERANA. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, out./dez. 1951.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação, Campinas, n. 1, p. 9-43, jan./jun. 2001.

KREUTZ, Lúcio. Material didático e currículo na escola teuto-brasileira. São Leopoldo: Ed. UNISINOS, 1994.

KREUTZ, Lúcio. O professor paroquial: magistério e imigração alemã. Porto Alegre: Ed. da UFRGS; Caxias do Sul: EDUCS, 1991.

KUHN, Malcus Cassiano. O ensino da matemática nas escolas evangélicas luteranas do Rio Grande do Sul durante a primeira metade do século XX. 2015. 466 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Luterana do Brasil, Canoas/RS, 2015.

KUHN, Malcus Cassiano; BAYER, Arno. A contextualização do conhecimento matemático nas edições da Terceira Aritmética da série Ordem e Progresso e da série Concórdia. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática, v. 9, n. 2, p. 1-29, 2016.

LEMKE, Marli Dockhorn. Os princípios da educação cristã luterana e a gestão de escolas confessionárias no contexto das ideias pedagógicas no sul do Brasil (1824 – 1997). Canoas: Ed. ULBRA, 2001.

LINDEMANN, Johann Christoph Wilhelm. Amerikanisch-Lutherische Schul-Praxis. 2. ed. Sant Louis: Lutherischer Concordia - Verlag, 1888.

MAURO, Suzeli. Uma história da matemática escolar desenvolvida por comunidades de origem alemã no Rio Grande do Sul no final do século XIX e início do século XX. 2005. 257 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro/SP, 2005.

PROST, Antoine. Doze lições sobre a História. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

RAMBO, Arthur Blásio. A escola comunitária teuto-brasileira católica. São Leopoldo: Ed. UNISINOS, 1994.

RAMBO, Arthur Blásio. A escola comunitária teuto-brasileira católica: a associação de professores e a escola normal. São Leopoldo: Ed. UNISINOS, 1996.

SÉRIE Concórdia: Segunda Aritmética. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, 1948.

STRELOW, Prof. Frederico. Série Ordem e Progresso: Primeira Aritmética. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, [193-].

UNSERE SCHULE. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, 1933-1935.

VALENTE, Wagner Rodrigues. História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. REVEMAT – Revista Eletrônica de Educação Matemática, v. 2, n. 2, p. 28-49, 2007.

WANDERER, Fernanda. Escola e Matemática Escolar: mecanismos de regulação sobre sujeitos escolares de uma localidade rural de colonização alemã no Rio Grande do Sul. 2007. 228 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo/RS, 2007.

WEIDUSCHADT, Patrícia. A revista “O Pequeno Luterano” e a formação educativa religiosa luterana no contexto pomerano em Pelotas – RS (1931-1966). 2012. 273 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo/RS, 2012.

WEIDUSCHADT, Patrícia. O Sínodo de Missouri e a educação pomerana em Pelotas e São Lourenço do Sul nas primeiras décadas do século XX: identidade e cultura escolar. 2007. 255 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2007.

Publicado
2018-04-05
Como Citar
KUHN, M. C.; BAYER, A. A construção do conceito de número e do Sistema Decimal nas aritméticas editadas para as escolas paroquiais luteranas do século XX no Rio Grande do Sul. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 1, p. 1-18, 5 abr. 2018.
Seção
Artigos Gerais