Concepções de alunos ingressantes no curso de licenciatura em Química sobre alguns conceitos de soluções

  • Luzia Rejane Lisboa Santos Universidade Federal de Sergipe
  • João Paulo Mendonça Lima Universidade Federal de Sergipe
  • Victor Hugo Vitorino Sarmento Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Concepções, Soluções, Níveis explicativos

Resumo

A química é uma ciência que circunda em três níveis do conhecimento: o nível macroscópico, o microscópico e o simbólico. Para uma aprendizagem efetiva se faz necessário que o ensino da química transite por esses níveis. Entretanto, trabalhos anteriores mostram que os alunos de química transitam somente entre o macroscópico e o simbólico, possuindo uma falta de compreensão no nível atômico-molecular, o que causa uma lacuna para uma aprendizagem química efetiva. No presente trabalho, buscou-se identificar as concepções dos ingressantes do curso de Licenciatura em Química sobre o conceito de soluções.  O aspecto qualitativo e o processo de formação de misturas em nível microscópico foram priorizados, tendo um enfoque teórico na análise das representações mentais dos pesquisados e ampliando a discussão sobre aprendizagem em química. Os dados foram coletados a partir da aplicação de um questionário e entrevistas, e analisados por meio de uma análise do conteúdo por categorias. Os resultados mostraram a falta de compreensão de conceitos a nível atômico-molecular, atribuído ao pré-conhecimento adquirido no ensino médio, que prioriza um ensino quantitativo com uma abordagem macroscópica da ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDREU, M. P.; RECENA, M. C. P. Influência de um objeto de aprendizagem nas concepções de estudantes do ensino médio sobre ebulição da água. Novas Tecnologias na Educação, CINTED-Rio Grande do Sul, v. 5, n. 2, dezembro de 2007.

ATKINS, P.; JONES, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. Bookman, 2011.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. 5 ed., Edições 70, 2009.

RASTOS, F.; CALDEIRA, A. M. A.; DINIZ, R. E. S.; NARDI, R. Da necessidade de uma pluralidade de interpretações acerca do processo de ensino e aprendizagem em ciências. In: NARDI, R; RASTOS, F; DINIZ, R. E. S. Pesquisa em ensino de ciências contribuições para a formação de professores; Ed. Escritura, São Paulo, 2004.

BROWN, T. L.; LEMAY H. E.; BURSTEN, B. E. Química: a ciência central. 9ed., Pearson Prentice Hall, 2005.

CARMO, M. P.; MARCONDES, E. R.; MARTORANO, S. A. A. Uma interpretação da evolução conceitual dos estudantes sobre o conceito de solução e processo de dissolução. Enseñanza de las Ciencias, v. 9, n. 1, p. 35-52, 2010.

CARMO, M. P.; MARCONDES, M. E. R. Abordando soluções em sala de aula – uma experiência de ensino a partir das ideias dos alunos. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 28, p. 37-41, maio de 2008.

CHASSOT, A. Sobre prováveis modelos de átomos. Química Nova na Escola, n. 3, p.3, maio de 1996.

DAMASCENO, H. C.; BRITO, M. S.; WARTHA, E. J. As representações mentais e a simbologia química. In: Encontro Nacional de Ensino de Química, 14. , 2008 Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2008, p. 7-8.

ECHEVERRIA, A. R. Dimensão empírico-teórica no processo de ensino aprendizagem do conceito soluções no Ensino Médio. 1993. Tese (Doutorado em Educação)- Faculdade de Educação, Universidade de Campinas, Campinas, 1993.

ECHEVERRIA, A. R. Como os estudantes concebem a formação de soluções. Química Nova na Escola, n. 3, p. 15-17, maio. 1996.

ENNES, M. Universidades federais e o pequeno número de formandos em Itabaiana, 2012. Disponível em <http://www.ufs.br/conteudo/4822>. Acesso em: 20 set. 2017.

FERREIRA, P. F. M.; JUSTI, R. S. Modelagem e o “fazer Ciência”. Química Nova na Escola, v. 28, p. 32-36, 2008.

GIBIN, G. B.; FERREIRA, L. H. Investigação de Modelos Mentais dinâmicos sobre a dissolução de NaCl por meio da Elaboração de Animações. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 7, 2009, Florianópolis. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2009.

GIBIN, G. B.; FERREIRA, L. H. A formação inicial em química baseada em conceitos representados por meio de modelos mentais. Química Nova. São Paulo, v. 33, n. 8, p. 1808-1814, agosto 2010.

GIBIN, G. B.; FERREIRA, L. H. Avaliação dos estudantes sobre o uso de imagens como recurso auxiliar no Ensino de Conceitos Químicos. Química Nova na Escola, São Paulo, v. 35, n. 1, p. 19-26, fevereiro 2013.

JESUS, W. S.; LIMA, J. P. M. Pesquisa em Ensino de Química. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe; CESAD, 2012.

LEÂO, N. M. M.; KALHIL, J. B. Concepções Alternativas e os Conceitos Científicos: uma contribuição para o ensino de ciências. Journal Latino-Americano de Educação Física, v. 9, n. 4, p. 4601(1-3), dezembro de 2015.

MOREIRA, M. A.; GRECA, I. M.; PALMERO; M. L. R. Modelos mentales y modelos conceptuales en la enseñanza & aprendizaje de las ciências. Investigações em Ensino de Ciências, v. 2, n. 3, p. 36-56, 2002.

OLIVEIRA, S. R.; GOUVEIA, V. P.; QUADROS, A. L. Uma reflexão sobre aprendizagem escolar e o uso do conceito de solubilidade/miscibilidade em situações do cotidiano: concepções dos estudantes. Química Nova na Escola. São Paulo, v. 13, n. 1, p. 23- 30, fevereiro de 2009.

ROSA, M. I. F. P. S.; SCHNETZLER, R. P. Sobre a importância do conceito de transformação química no processo de aquisição do conhecimento químico. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 8, p. 31-35, novembro 1998.

SANTOS, A.O. Como são formadas as concepções de modelos dos alunos a partir da visão dosa professores de ciências. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL “EDUCAÇÃO E CONTEPORANEIDADE”, 5. , 2011, São Cristóvão. Anais... São Cristóvão: UFS, EDUCON, 2011.

SCHENTZLER, R. P.; ARAGÃO, R. M. R. Importância, sentido e contribuições de pesquisas para o ensino de química. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 1, p. 1-5, maio 1995.

SCHNETZLER, R. P. A pesquisa em ensino de química no Brasil: conquistas e perspectivas. Química Nova. São Paulo, v. 25, p. 14-24, 2002.

SEARA DA CIÊNCIA. Universidade Federal do Ceará. Disponível em: <http://www.seara.ufc.br/sugestoes/quimica/quimica017.htm>. Acesso em: 25 set. 2017.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo, Atlas, 1987. 175p.

Publicado
2017-09-28
Como Citar
SANTOS, L. R. L.; LIMA, J. P. M.; SARMENTO, V. H. V. Concepções de alunos ingressantes no curso de licenciatura em Química sobre alguns conceitos de soluções. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 8, n. 3, p. 41-60, 28 set. 2017.
Seção
Artigos Gerais