Álgebra e seu ensino: dando eco às múltiplas “vozes” da Educação Básica

  • Alessandro Jacques Ribeiro Universidade Federal do ABC
Palavras-chave: Formação de professores de Matemática, Ensino de Álgebra, Compreensões de Álgebra e seu Ensino, Perfil conceitual

Resumo

O que se entende por Álgebra e seu Ensino tem sido combustível para o projeto de pesquisa “Conhecimento Matemático para o Ensino de Álgebra: uma abordagem baseada em perfis conceituais” (OBEDUC/Capes), cujo objetivo geral é investigar os conhecimentos algébricos desenvolvidos por professores, ao ensinar Álgebra na Educação Básica com uma abordagem de ensino baseada em perfis conceituais. A pesquisa é desenvolvida por um grupo heterogêneo que trabalha em colaboração, para elaborar, desenvolver e analisar atividades matemáticas que contemplem diferentes significados de conceitos algébricos. Numa outra dimensão, investiga-se se e como a abordagem de perfis conceituais pode contribuir para constituir e/ou ampliar conhecimentos algébricos de professores e futuros professores. O objetivo específico deste artigo é apresentar e discutir as múltiplas “vozes” da Educação Básica em torno das diferentes compreensões da Álgebra e de seu Ensino. Dentre os principais resultados, revela-se como essas diferentes compreensões podem levar professores formadores e professores da escola básica a tomar essa importante área do conhecimento matemático “apenas” como um amontado de símbolos e procedimentos, na maior parte das vezes, desprovidos de significados

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content knowledge for teaching: what makes it special? Journal of Teacher Education, New York, v. 59, n. 5, p. 389-407, 2008.

FIGUEIREDO, C. A. Saberes e concepções de educação algébrica em um curso de licenciatura em Matemática. 290 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

FIORENTINI, D.; MIORIM, M. A.; MIGUEL, A. Contribuição para um repensar ... a Educação Algébrica Elementar. Pro-Posições, Campinas, v. 4, n. 1 (10), p. 78-91, 1993.

LEE, L. Early – but which algebra? The future of the teaching and learning of algebra. In: ICMI STUDY CONFERENCE, 2001, Melbourne (Austrália).

LINS, R. C.; GIMENEZ, J. Sobre a Álgebra. In: LINS, R. C.; GIMENEZ, J. Perspectivas em aritmética e álgebra para o século XXI. Campinas: Papirus, cap. III, p. 89-157, 2001.

RIBEIRO, A. J. Elaborando um perfil conceitual de equação: desdobramentos para o ensino e a aprendizagem de matemática. Ciência e Educação, Bauru, v. 19, n. 1, p. 55-71, 2013.

RIBEIRO, A. A Álgebra que se aprende e a Álgebra que se ensina: encontros e desencontros na visão dos professores. Cuadernos de Investigación y Formación en Educación Matemática, Sam Jose, v. 15, p. 127-136, 2016.

RIBEIRO, A. J.; BEZERRA, F. J. B; SILVA, R. L. Mapeamento de concepções de Álgebra: uma alternativa para compreender seus diferentes significados. Acta Scientiae, Canoas, v. 18, n. 2, 2016. (no prelo).

RIBEIRO, A. J.; CURY, H. N. Álgebra para a formação do professor: explorando os conceitos de equação e de função. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

SHULMAN, L. S. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, Boston, v. 15, n. 2, 4-14, 1986.

USISKIN, Z. Concepções sobre álgebra da escola média e utilização das variáveis. In: COXFORD, A. F.; SHULTE, A. P. (Org.). Tradução de Hygino H. Domingues. As ideias da álgebra. São Paulo: Atual, p. 9-22, 1995.

Como Citar
RIBEIRO, A. J. Álgebra e seu ensino: dando eco às múltiplas “vozes” da Educação Básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 7, n. 4, p. 1-14, 11.
Seção
Artigos Gerais