Um mapeamento de teses e dissertações que abordam o ensino e a aprendizagem da Álgebra no Ensino Fundamental no Brasil

  • Ivan Cruz Rodrigues Universidade Cruzeiro do Sul
  • Celia Maria Carolino Pires Universidade Cruzeiro do Sul
Palavras-chave: Álgebra, Pensamento algébrico, Educação Matemática, Ensino Fundamental

Resumo

Este trabalho apresenta resultados de um mapeamento de dissertações e teses desenvolvidas no Brasil com foco no ensino e na aprendizagem da Álgebra no Ensino Fundamental, de 2008 a 2015. Um levantamento bibliográfico inicial encontrou 394 trabalhos ao registrar a palavra “Álgebra” na busca do banco de dados da CAPES e em contato com a Central de Atendimento do Ministério da Educação. Houve a categorização e organização dos trabalhos a partir da leitura dos resumos e, foram selecionadas 17 dissertações de Mestrado e 3 teses de Doutorado para prosseguimento do estudo. A análise do material permitiu observar uma diversidade de temáticas, com olhares voltados para a aprendizagem de alunos, de professores, para metodologias utilizadas no processo de ensino e para materiais didáticos aprovados no PNLD ou produzidos por Secretarias da Educação. Pode-se verificar que, relativamente ao Ensino fundamental, é priorizado o estudo com professores e alunos dos anos finais. Foi identificado um único trabalho que teve como sujeitos de pesquisa professores dos anos iniciais, o que nos permite concluir sobre a necessidade de trabalhos que tenham enfoque em alunos e professores dessa etapa de escolaridade, com a perspectiva de colaborar com a melhoria do ensino e da aprendizagem da Álgebra.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BLANTON, M., & KAPUT, J. Characterizing a classroom pratice that promotes algebraic reasoning. Journal for Research in Mathematics Education, v. 36, n. 5, p. 412-446. 2005.

CANAVARRO, A. P. O pensamento algébrico na aprendizagem da Matemática nos primeiros anos. Quadrante XVI(2), p. 81-118, 2007.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas ‘estado da arte’. Educação & Sociedade, ano 23, p. 257-272, 2002.

FIORENTINI, Dario. Mapeamento de balanço dos trabalhos do GT-19 (Educação matemática) no período de 1998 a 2001. Disponível em: <http://www.anped.org.br/25/te25.htm>. Acesso em: 30/03/2007.

FIORENTINI, Dario. Memória e análise da pesquisa acadêmica em Educação Matemática no Brasil: o banco de teses do CEMPEM/FE-Unicamp. Zetetiké, v. 1, n. 1, p. 55-76, mar. 1993.

KAPUT, J. What is algebra? What is algebraic reasoning? In J. Kaput, D. Carraher & M. Blanton (Eds.), Algebra in the Early Grades (pp. 5-17). New York: Lawrence Erlbaum. 2008.

KILPATRICK, Jeremy. Fincando estacas: uma tentativa de demarcar a Educação Matemática como campo profissional e científico. Zetetiké, v. 4, n. 5, p. 99-120, jan./jun. 1996.

NCTM (National Council of Teachers of Mathematics). Principles and StandardsforSchoolMathematics.Reston, Va: NCTM, 2000.

Publicado
2017-07-05
Como Citar
RODRIGUES, I. C.; PIRES, C. M. C. Um mapeamento de teses e dissertações que abordam o ensino e a aprendizagem da Álgebra no Ensino Fundamental no Brasil. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 8, n. 2, p. 162-182, 5 jul. 2017.
Seção
Artigos Gerais