Avaliação de objetos virtuais de aprendizagem no ensino de Matemática

Autores

  • Marcio Eugen Klingesnchmid Lopes dos Santos Universidade Cruzeiro do Sul
  • Luiz Henrique Amaral Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.26843/rencima.v3i2.109

Palavras-chave:

Objetos Virtuais de Aprendizagem, Ensino de Matemática, Avaliação

Resumo

O presente artigo faz parte de uma pesquisa de doutorado em andamento, neste trabalho apresentamos a avaliação dos objetos virtuais de aprendizagem segundo o instrumento de avaliação proposto por Nesbit (2003). O objetivo é analisar as características e contribuições dos objetos virtuais de aprendizagem no ensino de matemática e sua importância como ferramenta pedagógica. Para tal, nosso referencial teórico esta baseado nas definições encontradas na literatura sobre objetos virtuais de aprendizagem, repositórios de objetos virtuais de aprendizagem e avaliação de softwares educacionais. Os objetos analisados pertencem aos repositórios BIOE (Banco Internacional de Objetos Educacionais) e CESTA (Coletânea de Entidades de Suporte ao uso de Tecnologia na Aprendizagem), ambos os repositórios de acesso livre e gratuito. Os resultados apontam que os objetos virtuais de aprendizagem podem contribuir de forma significativa na melhoria da aprendizagem de nossos alunos, o que nos leva a intensificar esforços na busca por alternativas de análise e desenvolvimento de materiais que possam potencializar a aprendizagem de nossos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-07-01

Como Citar

SANTOS, M. E. K. L. dos; AMARAL, L. H. Avaliação de objetos virtuais de aprendizagem no ensino de Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 83–93, 2012. DOI: 10.26843/rencima.v3i2.109. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/109. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)