A atividade docente na perspectiva do licenciando em Matemática: contribuições da Didática Profissional para a formação do professor

Palavras-chave: Didática profissional, Ensino de Matemática., Formação inicial

Resumo

Considerando a formação inicial do professor de Matemática, este estudo aporta reflexões sobre como os futuros professores percebem a atividade docente e de que modo essa informação pode ser usada para aperfeiçoar ou construir a formação. Tem como objetivo conhecer a maneira de os estudantes de licenciatura em Matemática caracterizarem a atividade docente após vivenciarem 400h de estágio supervisionado na Educação Básica. Sob a óptica da Didática profissional, verificou-se, em relatos escritos por 13 licenciandos, os principais anseios, desafios e perspectivas em relação ao ofício docente. Com isso, foram identificados invariantes operatórios referentes a situações críticas do trabalho do professor, que forneceram informações relevantes para se refletir sobre temas que precisam ser abordados nas disciplinas de Estágio Supervisionado. Ficou evidente que a formação desses estagiários precisa considerar as situações vivenciadas por eles no meio escolar e trabalhar conceitos como autoridade docente e autonomia profissional, a fim de melhor prepará-los para lidar com as situações críticas de sala de aula que extrapolam o domínio de conhecimentos matemáticos e pedagógicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, F. R. V. Didactique des mathématique (DM) et la didactique professionnelle (DP): une proposition de complementarité et la formation des enseignants au Brésil. Imagens da Educação, v. 8, n. 3, p. e44179, 2018.

ALVES, F. R. V. A vertente francesa de estudos da didática profissional: implicações para a atividade do professor de matemática. VIDYA, v. 39, n. 1, p. 255–275, 2019.

ALVES, F. R. V.; CATARINO, P. M. M. C. Situação Didática Profissional: um exemplo de aplicação da Didática Profissional para a pesquisa objetivando a atividade do professor de Matemática no Brasil Professional. Indagatio Didactica, v. 11, n. 1, p. 103–129, 2019.

ALVES, F. R. V.; JUCÁ, S. C. S. Trabalho e competência do professor de Matemática: um ponto de vista a partir da didática profissional. Revista Multidisciplinar em Educação, v. 6, n. 14, p. 103–123, 2019.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto, Portugal: Porto Editora, 1994.

GRUBER, C.; ALLAIN, O.; WOLLINGER, P. R. (Orgs.). Didática Profissional: princípios e referências para a Educação Profissional. Florianópolis: Publicações do IFSC, 2019.

MAYEN, P. Les situations professionnelles: un point de vue de didactique professionnelle. Phronesis, v. 1, n. 1, p. 59–67, 2012.

MAUBANT, P.; ROGER, L.; JEMEL, S. D.; CHOUINARD, I. La didactique professionnelle, un nouveau regard pour analyser les pratiques d’enseignement. Qu’est Ce Qu’une Formation Professionnelle Universitaire Des Enseignants? P. 375–383, 2009.

PASTRÉ, P. Quelques réflexions sur l’organisation de l’activité enseignante. Recherche et Formation, 56, 81–93, 2007.

PASTRÉ, P. L’analyse du travail en didactique professionnelle. Revue Francaise de Pedagogie, v. 138, p. 9–17, 2002.

PASTRÉ, P.; MAYEN, P.; VERGNAUD, G. La didactique professionnelle. Revue Francaise de Pedagogie, v. 154, p. 145–198, 2006.

TOURMEN, C. Usages de la didactique professionnelle en formation: principes et évolutions. Savoirs, v. 36, n. 3, p. 9, 2014.

VERGNAUD, G. Les compétences en milieu professionnel. Journée d’étude Formation de Formateurs, p. 1–6, 2007a.

VERGNAUD, G. Représentation et activité: deux concepts étroitement associés. Recherches en Education, v. 4, p. 9–22, 2007b.

Publicado
2021-01-26
Como Citar
FONTENELE, F. C. F.; ALVES, F. R. V. A atividade docente na perspectiva do licenciando em Matemática: contribuições da Didática Profissional para a formação do professor. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 12, n. 1, p. 1-18, 26 jan. 2021.
Seção
Artigos Gerais