Educação Ambiental e Ensino de Ciências: o lixo como tema gerador de uma sequência didática nas aulas de química

Palavras-chave: Educação Ambiental, Sequências didáticas, Testes

Resumo

A Educação ambiental deve estar presente em todas as etapas do processo educativo escolar, porém, não existe na legislação nenhuma proposta de como a mesma, deve ser inserida no ambiente educacional. Surge então, a possibilidade de trabalhá-la de diversas maneiras entre as quais, através de temáticas ambientais transversais de maneira interdisciplinar. Assim, o presente trabalho possui natureza experimental com abordagem quanti-qualitativa e objetivos exploratórios, sendo uma pesquisa de campo com modalidade de pesquisa-didática utilizando-se para tanto de sequências didáticas (SD), com o objetivo de avaliar sua eficiência em relacionar a temática ambiental com os conteúdos químicos na aprendizagem dos estudantes. A pesquisa foi realizada com um total de 33 alunos do 1º ano do Ensino Médio, através de testes com questões abertas e múltipla escolha, respondidos antes e após a SD, respectivamente, com o tema gerador: Lixo. Os resultados obtidos foram avaliados segundo a análise textual proposta por Moraes (2003) e revelaram a princípio, inabilidade dos estudantes em relacionar temas ambientais com o conteúdo químico, evidenciando uma lacuna inter/transdisciplinar na sala de aula, após aplicação da SD obtiveram êxito significativo em suas respostas. A SD demonstrou-se eficiente como procedimento de contribuição na promoção de Educação ambiental relacionada a temáticas ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARRIGO, V.; ALEXANDRE, C.L.; ASSAI, N.D.S. O ensino de química e a educação ambiental: uma proposta para trabalhar conteúdos de pilhas e baterias. Revista Experiência em Ensino de Ciências, v. 13, n. 5, p. 306-325, 2018. Acessado em: http://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID541/v13_n5_a2018.pdf. Acesso em: 06.10.2019

BRANDÃO JÚNIOR, E.L.; BERNARDO, G.P.; BERNARDO, L. P.; NASCIMENTO, S. I. B.; LIMA, B.F.R.; SILVA, K.V.C.C.; CAVALCANTE, G.M.E.; RULIM, A.L.L.; DUARTE, J.O. Queima Inadequada de Resíduos Sólidos Domésticos, Principais Gases Tóxicos e Manifestações Clínicas: Uma Revisão de Literatura. Revista Multidisciplinar e Psicologia, v.12, n. 42, p. 602-612, 2018. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/1356/2026. Acesso em: 18.04.2019.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Lixo: Um grave problema no mundo moderno. Brasília, 2012. Disponível em: https://www.mma.gov.br/estruturas/secex_consumo/_ arquivos/8%20-%20mcs_lixo.pdf. Acesso em: 06.10.2019

CHAVES, R. A.; GAIA, M. C. M. O papel da escola na construção da Educação Ambiental: ações e reflexões. Revista Acervo da Iniciação Cientifica, n. 2, p. 1-18, 2013. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-izabela/index.php/aic/article/view/502/427. Acesso em: 06.09.2018

CORTEZ JUNIOR, L. P.; FERNANDEZ, C. Química Ambiental: Representações sociais de estudantes do 1o ano do Ensino Médio. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência em Educação,6., 2006, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: ENPEC, 2006. p. 1-12. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/search0.html. Acesso em: 06.10.2019

COSTA E SILVA, A.D. Sequência didática de ciências para as séries iniciais: a água no ambiente. 2017. 177f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Ciências e Matemática, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017. Disponível em: http://www.infis.ufu.br/pgecm/api/trabalhos/396767207.pdf. Acesso em: 06.10.2019

DIAS, G. F. Educação Ambiental - princípios e práticas. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2000.

FERREIRA, L.S.P.; SANTOS JÚNIOR, P.J.; SILVA, E.A.; FÓFANO, C.S.; SANTOS, D.P.H. A interdisciplinaridade na educação ambiental, v. 13, n. 1, 2019. Disponível em: http://www.fsj.edu.br/transformar/index.php/transformar/article/view/216.

FIURINI, M.A.; KLEIN, T.A.S. Reflexão sobre a questão do “Lixo” no Ambiente Escolar a partir da metodologia da problematização: Os desafios da escola Pública Paranaense na perspectiva do professor PDE. Cadernos PDE, v. 1, 2016. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_cien_uel_marcosaleandrofiurini.pdf. Acesso em: 18.04.2019.

FORSBERG, M.C.S; MENDES, G.C.; ALMEIDA, A. Educação ambiental em escolas públicas de Manaus, AM: Os projetos integrados fazem diferença?. In: Encontro Nacional de pesquisa em educação em Ciências, 7., 2009, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: ENPEC, 2009. p.1-12. Disponível em: http://posgrad.fae.ufmg.br/posgrad/viienpec/pdfs/1250.pdf. Acesso em: 06.10.2019

GODECKE, M.V.; FIGUEIREDO, J. A. S.; NAIME, R. H. O consumismo e a geração de resíduos sólidos urbanos no Brasil. São Paulo: Portal Tratamento de Água, 2013. Disponível em: https://www.tratamentodeagua.com.br/artigo/o-consumismo-e-a-geracao-de-residuos-solidos-urbanos-no-brasil/. Acesso em: 06.10.2019

GUIMARÃES, C.C. Experimentação no Ensino de Química: Caminhos e Descaminhos Rumo à Aprendizagem Significativa. Revista Química Nova na Escola, v. 31, n. 3, p. 198-202, 2009. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_3/08-RSA-4107.pdf. Acesso em: 06.10.2019

GUIMARÃES, M. Por uma educação ambiental crítica na sociedade atual. Revista Margens Interdisciplinar, v. 7, n. 9, p. 11-22, 2016. Disponível em: <https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistamargens/article/view/2767>. DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v7i9.2767. Acesso em: 18/06/2018.

JEOVANIO-SILVA, V. R. M.; JEOVANIO-SILVA, A. L.; CARDOSO, S. P. Um olhar docente sobre as dificuldades do trabalho da educação ambiental na escola. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n.5, p. 256-272, 2018. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1357/1057. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v9i5.1357. Acesso em: 02/01/2019.

KONDRAT, H.; MACIEL, M. L. Educação ambiental para a escola básica: contribuições para o desenvolvimento da cidadania e da sustentabilidade. Revista Brasileira de Educação, v. 18 n. 55, p. 825-846, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S141324782013000400002&script=sci_abstract&tlng=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782013000400002. Acesso em: 04.06.2019

LIMA, D. M. Educação Ambiental e o Educador Ambiental: O desafio de elaborar e implantar projetos de educação ambiental nas escolas. Revista Monografias ambientais, Santa Maria, v. 7, n. 7, p. 1717 – 1722, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/remoa/article/view/5428. DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613085428. Acesso em: 06.09.2018

LIMA, R.C.S. Uma sequência didática contextualizada para o estudo de funções orgânicas oxigenadas. 2018. 159f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26133. Acesso em: 06.10.2019

MACEDO, E. F de. Parâmetros Curriculares Nacionais: a Falácia de Seus Temas Transversais. Revista da Educação AEC, ano 27, n. 108, p. 73- 88, 1998.

MELO, G. L.; SILVA, L. F. A temática ambiental e o ensino de física: Um estudo a partir dos trabalhos apresentados nos anais do simpósio nacional de ensino de física. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 10, n.3, p. 37-57, 2019. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1703/1129. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i3.1703. Acesso em: 02/01/2019.

MENDONÇA, A. M. G. D.; PEREIRA, D. L.; MENDONÇA, J.; RAMOS, A. M. C.; DUARTE, M. S. B. A prática de ensino em Química: Educação Ambiental e Sustentabilidade como tema transversal. In: Encontro Nacional de Educação, Ciência e Tecnologia, 1., 2011, Paraíba. Anais [...]. Paraíba: ENECT, 2011. p.1-6. Disponível em: www.unifatea.edu.br/seer/index.php/eccom/article/view/403/259. Acesso em: 15.11.2018.

MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Revista Ciência & Educação, v.9, n. 2, p.191-211, 2003.

MOTOKANE, M.T. Sequências didáticas investigativas e argumentação no ensino de ecologia. Revista Ensino, Pesquisa, Educação e Ciências, Belo Horizonte, v. 17, n. spe, p.115-138, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1983-21172015000400115&script=sci_abstract&tlng=pt. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1983-2117201517s07. Acesso em 03.06.19.

RAMOS, I. L.; VASCONCELOS, T. N. H. Prática pedagógica a partir da aplicação de atividades contextualizadas sobre o tratamento de água no ensino de química e educação ambiental. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 6, n. 3, p. 72-90, 2015. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/846/802. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v6i3.846. Acesso em: 02/01/2019

SANTOS, P. T.A.; DIAS, J.; LIMA, J. E.; OLIVEIRA, M. J.; NETO, L. J.A.; V. Q, CELESTINO. Lixo e reciclagem como tema motivador no ensino de química. Revista Eclética Química Journal, São Paulo v. 36, n. 1, p. 78-92, 2011. Disponível em: http://revista.iq.unesp.br/ojs/index.php/ecletica/article/view/132. DOI: http://dx.doi.org/10.26850/1678-4618eqj.v36.1.2011.p78-92. Acesso em: 03.06.2019.

SILVA, L.A; MIRANDA, B.M.G; FRIEDE, R. R; MORAGAS, C.J; AVELAR, K. E. S.O impacto das questões ambientais na saúde. Revista Semioses, Rio de Janeiro, v. 9, n. 2, p. 59- 67, 2015. Disponível em: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/Semioses/article/view/1981996X.2015v9n2p59/681. Acesso em: 18.04.2019.

SILVA, M. J.; FERNANDES, L. S.; CAMPOS, A. F. Situação-Problema como Estratégia didática na Abordagem do Tema Lixo. Revista Educação Ambiental em Ação, v. 46, n. 50, p. 1-8, 2014. Disponível em: http://rpeq.ufrpe.br/sites/rpeq.ufrpe.br/files/Situação-Problema%20como%20Estratégia%20Didática%20na%20Abordagem%20do%20tema%20Lixo.pdf. Acesso em: 03.06.2019.

SOARES, M.B.; FRENEDOZZO, R.C. Educação ambiental: Um estudo sobre a ambientalização no Ensino Fundamental. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. v. 10, n.6, p. 95-113, 2019. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2499/1195. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i6.2499. Acesso em: 02.01.2019.

SOUZA, V. O. Educação Ambiental na efetivação de Práticas Ecológicas: Um estudo de caso sobre Práticas Ecológicas e Coleta Seletiva na Universidade Estadual da Paraíba. Revista brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 364-375, 2014. Disponível em: http://revbea.emnuvens.com.br/revbea/article/view/3613/2927. Acesso em: 18.04.2019.

UNESCO. La Educacion Ambiental: Las grandes orientaciones de la Conferencia de Tbilisi. Paris: Imprimerie des Presses, 1980. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000038550_spa. Acesso em: 06.10.2019

VIEIRA, O.V.; MALHEIROS, R.; CAMPOS, A. C. Educação Ambiental por meio da implantação de um plano de gestão ambiental no âmbito escolar. In: IV Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental, 4., 2013, Salvador. Anais [...]. Salvador: IBEAS, 2013. p. 1-8. Disponível em: http://www.ibeas.org.br/congresso/Trabalhos2013/VII-024.pdf. Acessado em: 06.09.2018

VIEIRA, P.L.; BELTRAME, L.C. Educação ambiental: a resposta para o problema de resíduos sólidos urbanos. In: Fórum Internacional de Resíduos sólidos, 8., 2017, Curitiba. Anais [...]. Curitiba: VENTURI, 2017. p.1-9. Disponível em: http://www.institutoventuri.org.br/ojs/index.php/firs/article/view/416/295. Acesso em: 06.10.2019.

Publicado
2020-10-18
Como Citar
PINHEIRO DE SOUSA, K.; VASCONCELOS, S.; DE BRITO SILVA, M. Educação Ambiental e Ensino de Ciências: o lixo como tema gerador de uma sequência didática nas aulas de química. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 6, p. 268-288, 18 out. 2020.
Seção
Artigos Gerais