Resolução de Problemas de inequação: análise do desempenho de licenciandos em Matemática na conversão de unidades significantes

Palavras-chave: Dificuldade, Ensino Superior, Inequação, Representação semiótica, Unidade significante

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar por meio dos processos de conversão de unidades significantes o desempenho de estudantes de Licenciatura em Matemática na resolução de problemas (situações contextualizadas) de inequações do 1º grau com uma variável.  Os participantes da pesquisa foram 16 acadêmicos, sendo 4 acadêmicos de cada ano do curso de licenciatura em Matemática de uma universidade pública do Estado do Paraná. Para coleta dos dados, utilizamos cinco situações contextualizadas. Para análise, baseamo-nos na identificação das unidades significantes e, assim, no processo de conversão. Os resultados mostraram que no processo de resolução de problemas, os estudantes apresentaram facilidades no reconhecimento de unidades significantes numéricas, porém, apresentaram dificuldades em reconhecer/converter unidades significantes em Língua Natural que representam variáveis e sinais de inequação, tais como mínimo, superará, mais vantajoso. Além disso, verificamos que os estudantes do 3º e 4º ano do curso apresentaram os piores desempenhos quando comparados com os demais anos, evidenciando que a dificuldade ao resolver problemas de inequações pode se estender durante todo o processo formativo acadêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilian Barbosa Travassos, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática da Universidade Estadual de Maringá - UEM. Mestre em Educação para Ciência e a Matemática pela Universidade Estadual de Maringá - UEM. Graduado em Licenciatura Plena de Matemática pela Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão. Realiza pesquisas na área de Educação Matemática, especificamente no campo da álgebra, com ênfase na teoria dos Registros de Representação Semiótica de Raymond Duval. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática - GEPEM. Possui experiência profissional na área de Cálculo Diferencial e Integral I e II, Pré- Cálculo, Cálculo Numérico, Álgebra Linear e Geometria Analítica.
Marcelo Carlos de Proença, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Professor Adjunto do Departamento de Matemática da Universidade Estadual de Maringá - UEM. Professor do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática-PCM da UEM. Licenciado em Matemática (2005), mestre (2008) e doutor (2012) pela Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - UNESP, campus de Bauru. Professor no Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE/PR

Referências

ANDRADE, Aécio Alves; SANTOS, C. A. B. Um cenário das pesquisas envolvendo a teoria dos registros de representação semiótica em edições do sipem. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v. 10, p. 228-245, 2019.

BELTRÃO, R. C. H. Dificuldades dos alunos para resolver problemas com inequações. Revemat: Revista Eletrônica de Educação Matemática, v. 5, p. 84-95, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. (3º e 4º ciclos do ensino fundamental). Brasília: MEC, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio). Brasília: MEC, 2000.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Guia de Livros Didáticos PNLD 2015. Brasília, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 3ª ed. Brasília: MEC, 2017.

CAMPOS, Tânia M. M.; GIUSTI, V. H. Resolução de Desigualdades com uma Incógnita: uma análise de erro. Unión (San Cristobal de La Laguna), v. 14, p. 37-48, 2008.

CARVALHO, D. S.; SILVEIRA, M. R. A. Jogos de linguagem evidenciados em atividades de modelagem matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v. 10, p. 171-190, 2019.

CONCEIÇÃO JUNIOR, F. S. Uma abordagem funcional para o ensino de inequações no ensino médio. 2011. 196 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.

DANTE, L. R. Matemática Dante. 1º ed. São Paulo: Ática, 2009. Volume único.

DUVAL, R. Semiósis e Pensamento Humano: Registros semióticos e aprendizagens intelectuais (Fascículo I). Tradução: Lênio Fernandes Levy e Marisa Rosâni Abreu da Silveira. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2009.

DUVAL, Raymond. Ver e ensinar a matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representação semióticas. Org.: Tânia M. M. Campos; tradução: Marlene Alves Dias. 1ed. São Paulo: PROEM, 2011.

DUVAL, R. Registros de Representação Semiótica e Funcionamento Cognitivo do pensamento. Revista Eletrônica de Educação Matemática – Revemat. Florianópolis, v. 07, n. 2, p.266-297, 2012.

DUVAL, R.; FREITAS, J. L. M.; REZENDE, V. Entrevista: Raymond Duval e a Teoria dos Registros de Representação Semiótica. Revista Paranaense de Educação Matemática, v. 2, p. 10-34, 2013.

FERNANDES, E. B. Representações em situações problemáticas que envolvem inequações do 1º grau a uma incógnita: Um estudo com alunos do 9º ano de escolaridade. 2013. 335 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Matemática) – Universidade de Lisboa, Lisboa, 2013.

FONTALVA, G. M. Um estudo sobre inequações: entre alunos do ensino médio. 2006. 134 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

MAGALHÃES, A. F. Estudos das inequações: contribuições para a formação do professor de matemática na licenciatura. 2013. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.

MANOEL, S. C. As dificuldades dos alunos 8º ano do Ensino Fundamental na compreensão de equações e inequações. In: XI Encontro Nacional de Educação Matemática, 2013, Curitiba. Anais do XI ENEM, 2013.

MATA-PEREIRA, J; PONTE, J. P. Desenvolvendo o raciocínio matemático: Generalização e justificação no estudo das inequações. Boletim GEPEM, v. 62, p. 17-31, 2013.

MELO, M. O ensino de desigualdades e inequações em um curso de Licenciatura em Matemática. 2007. 81 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

PROENÇA, M. C. Resolução de problemas: encaminhamentos para o ensino e a aprendizagem de matemática em sala de aula. 1º ed. Maringá: Eduem, 2018. 79p.

RAMOS, M. L. P. D.; CURI, E. Erros na Resolução de Inequações: consequências de dificuldades relativas a conteúdos dos Ensinos Fundamental e Médio. Acta Scientiae (ULBRA), v. 16, p. 457-471, 2014.

SILVEIRA, D. T.; CORDOVA, F. P. Unidade 2 - A pesquisa científica. In: Tatiana Engel Gerhardt; Denise Tolfo Silveira. (Org.). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009, v.1, 120p.

STEFANI, A.; TRAVASSOS, W. B.; PROENCA, M. C. Resolução de Problemas Matemáticos: metanálise de dissertações sobre as dificuldades de alunos de 6º e 8º anos do ensino fundamental. Perspectivas Da Educação Matemática, v. 11, p. 418-437, 2018.

TRALDI JR, A. Sistema de inequações: uma abordagem do processo ensino-aprendizagem focando os registros de representação. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). Pontifica Universidade Católica, São Paulo.

TRAVASSOS, W. B.; REZENDE, V. Livros Didáticos de Matemática do Ensino Médio e Diferentes Representações do Conceito de Inequações. In: Encontro Anual de Iniciação Científica da Unespar, 2015, Campo Mourão. ANAIS EAIC V.1(2015), 2015.

TRAVASSOS, W. B.; REZENDE, V. O Software Aplusix e a Resolução de Inequações: um estudo de erros e acertos de estudantes do 1º ano de Matemática. Educação Matemática em Revista, v. 22, p. 85-98, 2017.

TRAVASSOS, W. B. Um estudo sobre o conceito de inequação com licenciandos em matemática: contribuições da Teoria dos Registros de Representação Semiótica. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá – PR, 2018. 183p.

Publicado
2020-11-20
Como Citar
TRAVASSOS, W.; PROENÇA, M. Resolução de Problemas de inequação: análise do desempenho de licenciandos em Matemática na conversão de unidades significantes. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 7, p. 338-359, 20 nov. 2020.