EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO SOBRE A AMBIENTALIZAÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Márcia Belo Soares, Rita de Cássia Frenedozo

Resumo


Este artigo apresenta e discute os resultados obtidos em uma etapa da pesquisa sobre a investigação da ambientalização curricular no Ensino Fundamental das escolas municipais de Santo André–SP. Objetivou-se conhecer o processo de ambientalização curricular (educar para a sustentabilidade socioambiental), nos Projetos Político-Pedagógicos (PPP’s) das escolas e analisar as diretrizes propostas pelas escolas relacionadas a temática ambiental. A abordagem metodológica caracterizou-se pelo enfoque qualitativo e a utilização de técnicas de análise documental e de análise de conteúdo. Para análise dos processos de ambientalização curricular nas instituições de ensino, utilizou-se como referência as 10 características da Rede ACES. Os dados indicaram que a temática ambiental está inserida nos PPP’s das escolas, na categoria “potencial de ambientalização” de maneira simples, sem detalhamento sendo considerada apenas de maneira geral ou com aspecto simplesmente ecológico. Assim, torna-se urgente a necessidade da inserção da educação ambiental crítica nas instituições de ensino de maneira interdisciplinar, com enfoque contínuo e permanente, visando à efetiva solução de problemas socioambientais. Os resultados serão utilizados para geração de subsídios à política institucional de ambientalização curricular nos documentos oficiais PPP’s das escolas municipais de Santo André.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i6.2499

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

   4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional