A prática no ensino de botânica: o que dizem os principais congressos?

Palavras-chave: Ensino de Ciências, Prática Escolar, Ensino de botânica

Resumo

Este trabalho tem como objetivo levantar documentos referentes às principais publicações em congressos de Botânica e Ensino de Ciências e Biologia. Para tal, analisa os seguintes congressos: Congresso Nacional de Botânica (CNBot), Encontro Nacional de Ensino de Biologia (ENEBIO), Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências (ENPEC), Congreso Internacional Enseñanza de las ciencias todos ocorridos entre os anos 2013-2017. Desta forma esta pesquisa visa à compreensão das práticas no ensino de botânica, onde se almeja uma melhor compreensão das principais dificuldades no ensino do tema. A pesquisa aponta que, apesar de muitas atividades diferenciais estarem sendo desenvolvidas no ensino de botânica, boa parte dos trabalhos ainda estão arraigados em uma abordagem conteudista e baseada na memorização, enfatizando a real necessidade de novos estudos sobre o tema, bem como melhorias nos cursos de formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Reis Soares, Universidade Federal do ABC
Aluno de doutorado do Programa de pós-graduação em Ensino e História das Ciências e da Matemática na Universidade Federal do ABC (UFABC) (a partir de 2019), sob orientação do Professor Doutor João Rodrigo Santos da Silva, com pesquisa com foco na área de formação de professores e ensino de botânica. Mestre em Ensino e História das Ciências e da Matemática (2019), também pela UFABC, com pesquisa com foco na profissionalização docente, mobilização de saberes docentes e ensino de botânica, também sob orientação do Profº Drº João Rodrigo Santos da Silva. Graduado no Bacharelado em Ciência e Tecnologia pela UFABC (2016). Licenciado em ciências biológicas pela UFABC (2017), com período sanduíche na Universidade de Coimbra (Portugal) no período de 2011 à 2013, Bacharelando em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do ABC. Possui experiência em ensino de botânica, ensino de genética, ensino em sexualidade, educação ambiental e formação de professores, com trajetória acadêmica em programas de ensino e extensão, dando destaque ao PIBID. Editor Assistente na área de Ciências da Natureza na empresa Pearson do Brasil.

Referências

AMABIS, J. M. O livro didático e a Botânica no Ensino Médio. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 59. 2008, Natal RN. Atualidade, desafios e perspectivas da Botânica no Brasil. Natal RN: Imagem Gráfica, p. 263-263. 2008.

BITENCOURT, I. M. A Botânica no Ensino Médio: Análise de uma Proposta Didática Baseada na Abordagem CTS. 2013, 152 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Formação de Professores) Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Campus Universitário de Jequié-Bahia, 2013.

BIZOTTO, F. M.; GHILARDI-LOPES, N. P; SANTOS, C. M. D.. A vida desconhecida das plantas: concepções de alunos do Ensino Superior sobre evolução e diversidade das plantas. Revista Electrónica de Enseñanza de Las Ciencias, v. 15, n. 3, p.394-411, 2016.

BRASIL. MEC. Secretaria de educação média e tecnológica. PCN+ Ensino médio: orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais-Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2002.

CALDEIRA, A. M. A. A relação pensamento e linguagem: formação de conceitos científicos em Ciências naturais. In. Caldeira, A. M. A. (Org.). Introdução a Didática da Biologia. São Paulo SP: Escrituras. p. 157-172, 2009.

CASASCO, E. F. C.; et al. Concepções e práticas de professores de Ensino Fundamental sobre a temática ambiental. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio). v. 9, p. 4689-4700, 2009.

CECCANTINI, G. Os tecidos vegetais têm três dimensões. Brazilian Journal of Botany, v. 29, n. 2, p. 335-337, 2006.

CHAPANI, D. T.; CAVASSAN O; O estudo do meio como estratégia para o ensino de ciências e educação ambiental. Mimesis, Bauru, v. 18, n. 1, p. 19-39, 1997.

ELSTER, D. Student interests—the German and Austrian ROSE survey. Journal of Biological Education, v. 42, n. 1, p. 5-10, 2007.

DUTRA, A.; GÜLLICH, R. A botânica e suas metodologias de ensino. Revista Sbenbio, v. 7, p. 493-503, 2014.

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, 23, 257-272, 2002.

FIGUEIREDO, J. A; COUTINHO, F. A.; AMARAL, F. C. O ensino de botânica em uma abordagem Ciência, Tecnologia e Sociedade. Rencima, São Paulo, v. 3, n. 3, p.488-498, out. 2012.

GATTI, B. A. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de educação, v. 13, n. 37, p. 57-70, 2008.

GIL-PÉREZ D; CARVALHO, M. P; Formação de professores de ciências: tendências e inovações 8 ed - São Paulo; Cortez, 2006.

GÜLLICH, R. I. C. A Botânica e seu Ensino: História, Concepções e Currículo. 2003. 147 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Educação nas Ciências, Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2003.

GÜLLICH, R. I. C. As práticas de Ensino de Botânica e a SBB. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 57., 2006, Porto Alegre RS. Os Avanços da Botânica no início do século XXI. Porto Alegre RS: Sociedade Botânica do Brasil, p. 695-696, 2006.

HERSHEY, D. R. A historical perspective on problems in botany teaching. The American Biology Teacher, v. 58, n. 6, p. 340-347, 1996.

IGLESIAS, J. O. V; ROSA, M. I. P. Investigando conteúdos de Botânica na versão verde BSCS. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9., 2013, Águas de Lindóia. Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia: Abrapec, p. 1-7, 2006.

JIDESJÖ, A; OSCARSSON, M. Students attitudes to science and technology. In: XIth Symposium Proceedings, International Organization for Science and Technology Education (IOSTE). p. 25-30, 2004.

KINOSHITA, L. S. et al. (Ed.). A botânica no ensino básico: relatos de uma experiência transformadora. RiMa, 2006.

KRASILCHIK, M. Prática de ensino de biologia. ed. 4 EdUSP, 2008.

KRAUZER, K. A. F. AMADO, M. V. Mapa conceitual como ferramenta de análise da concepção prévia de alunos do ensino médio sobre conteúdos de botânica. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 9, Águas de Lindóia, 2013, Águas de Lindóia. Anais. Águas de Lindóia: Abrapec, p. 1-8, 2013.

LAVONEN, J. et al. Pupil interest in physics: a survey in Finland. Nordic Studies in Science Education, v. 1, n. 2, p. 72-85, 2005.

LABURÚ, C. E.; ARRUDA, S. M; NARDI, Roberto. Pluralismo metodológico no ensino de ciências. Ciência & Educação (Bauru), p. 247-260, 2003.

LOUREIRO, J. O. DAL-FARRA, R. A O ensino de botânica nos primeiros anos do Ensino Fundamental utilizando desenhos e herbários. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais. Águas de Lindóia: Abrapec, p. 1-8, 2015.

MARTINS, R. A. Instrumentos e Técnicas nas Ciências Biológicas. In: CALDEIRA, Ana Maria de Andrade (Org.). Introdução a Didática da Biologia. São Paulo SP: Escrituras. 2009. p. 98-138.

MEGLIORATTI, F. et al. A integração conceitual no Ensino de biologia In. CALDEIRA, Ana Maria de Andrade (Org.). Introdução a Didática da Biologia. São Paulo SP: Escrituras. 2009. p. 187-205.

MOITA, F. M. G. S.C; BEZERRA DE ANDRADE, F. C. B. A. Ensino-pesquisa-extensão: um exercício de indissociabilidade na pós-graduação. Revista brasileira de educação, v. 14, n. 41, 2009.

NORONHA, A. P. P. et al. Análise de teses e dissertações em orientação profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 7, n. 2, p. 1-10, 2006.

ODORCICK, R. G.; WIRZBICKI, S. M. As abordagens de Botânica nos livros didáticos de biologia do ensino médio: um olhar para as modalidades didáticas. In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – XI ENPEC, 2017, Florianópolis, SC. Anais [...]. Santa Catarina: ABRAPEC, p. 1-11, 2017.

PEDRANCINI, V. D. et al. Ensino e aprendizagem de Biologia no ensino médio e a apropriação do saber científico e biotecnológico. Revista Electrónica de Enseñanza de Las Ciencias, [S. L.], v. 6, n. 2, p.299-309, 2007.

RAVEN,P. H.; EICHORN,S. E.; EVERT,R. F. Biologia Vegetal. 8. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

RANDLER, C; OSTI, J; HUMMEL, E. Decline in interest in biology among elementary school pupils during a generation. Eurasia Journal of Mathematics, Science & Technology Education, v. 8, n. 3, p. 201-205, 2012.

SALATINO, A; BUCKERIDGE, M. Mas de que te serve saber botânica?. Estudos avançados, v. 30, n. 87, p. 177-196, 2016.

SANTOS. A. O. S. et al. Saberes escolares, científicos e populares a partir de um estudo sobre a influência da concentração de metais no crescimento de raízes de batata doce. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 11, 2017, Florianópolis. Anais. Florianópolis: Abrapec, p. 1-10, 2017.

SANTOS, D. Y. C. Os professores do ensino Básico e o Ensino de Botânica. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 59., 2008, Natal RN. Atualidades, desafios e perspectivas da Botânica no Brasil. Natal RN: Imagem Gráfica, p. 261-262, 2008.

SANTOS, M. L. et. al. O ensino de Botânica na Formação Inicial de Professores em Instituições de Ensino Superior Públicas no Estado de Goiás In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais. Águas de Lindóia: Abrapec, p. 1-8, 2015.

SANO, P. T. A botânica e o letramento científico no Ensino Superior. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 59., 2008, Natal RN. Atualidades, desafios e perspectivas da Botânica no Brasil. Natal RN: Imagem Gráfica, p. 259-260, 2008.

SANO, P. T. O ensino de Botânica na Universidade: Novos tempos. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 57, 2006, Porto Alegre RS. Os Avanços de Botânica no início do século XXI: Morfologia, Fisiologia, Taxonomia, Ecologia e Genética. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Botânica, p. 689-690, 2006.

SÃO PAULO - Secretaria da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: Ciências da Natureza e suas tecnologias/Secretaria da Educação; São Paulo: SEE. 2010.

SAVIANI. D. Os Saberes implicados na formação do educador In BICUDO, N. A. V & SILVA JÚNIOR, C. A. (Org.) Formação do educador: dever do Estado, tarefa da universidade, São Paulo : Ed UNESP, 1996.

SENICIATO, T.; CAVASSAN, O. Ensino de ecologia e a experiência estética no ambiente natural: considerações preliminares. Ciência & Educação, v.15, n.2, p.393-412, 2009.

SILVA, G. P. N; DE SOUZA, M . O ensino de Botânica na educação fundamental II: análise de uma proposta educativa. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas, n. Extra, p. 2810-2814, 2013.

SILVA, J. R. S; GUIMARÃES, F; SANO, P. T. Botany classes’ contextualization: a research work inside three Brazilian universities and a Portuguese one. Conexão Ciência, v. 12, n. esp. 2, p. 56-61, 2017.

SILVA, P. G. P; CAVASSAN, O; SENICIATO, T. Os Ambientes naturais e a Didática das Ciências Biológicas. In. Caldeira, A. M. A. (Org.). Introdução a Didática da Biologia. São Paulo SP: Escrituras. 2009.

SOUZA, C. L. P; GARCIA, R. N. BUSCANDO PRODUÇÕES ACADÊMICAS ACERCA DO ENSINO DE BOTÂNICA: UMA PESQUISA DE LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 3, p. 54-69, 2018.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 12 ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

TEIXEIRA, P. M. M.; MEGID-NETO, J. A Produção Acadêmica em Ensino de Biologia no Brasil–40 anos (1972–2011): Base Institucional e Tendências Temáticas e Metodológicas. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências: Periódico da Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, p.521-540, ago. 2017.

TOLENTINO NETO, L. C. B. Os interesses e posturas de jovens alunos frente às ciências: resultados do Projeto ROSE aplicado no Brasil. 2008. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

TOWATA, N; URSI, S; SANTOS, D. Y. A. C. Análise da percepção de licenciandos sobre o “Ensino de Botânica na Educação Básica”. Revista da SBEnBio. n. 3. p. 1603-1612, 2010.

VOSGERAU, D. S. R; ROMANOWSKI, J. P. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, v. 14, n. 41, p. 165-189, 2014.

WANDERSEE, J. H.; SCHUSSLER, E. E. Toward a theory of plant blindness. Plant Science Bulletin, v. 47, n. 1, p. 2-9, 2001.

ZEICHNER, K. Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidade. Educação, v. 35, n. 3, p. 479-504, maio/ago. 2010.

Publicado
2020-10-18
Como Citar
REIS SOARES, J.; SILVA, J. A prática no ensino de botânica: o que dizem os principais congressos?. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 6, p. 73-93, 18 out. 2020.
Seção
Artigos Gerais