UM ENSAIO SOBRE A PERSPECTIVA DIALÉTICA DAS INSÍGNIAS DE PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO PARA O ENSINO DE CIÊNCIA

Paulo Gabriel Franco dos Santos, Washington Luiz Pacheco de Carvalho

Resumo


Este artigo é parte de um capítulo da tese de doutorado do autor, sob a orientação do coautor, e busca desenvolver uma discussão acerca das insígnias do progresso e do desenvolvimento, fortemente presente dos discursos e justificativas científicas e tecnológicas, a partir de fundamentos filosóficos, especialmente de Mario Bunge e Álvaro Vieira Pinto. No âmbito desta proposta, buscamos tensionar a tendência das dicotomias sacralização/demonização e ufanismo/negativismo do empreendimento científico e tecnológico e anunciar uma perspectiva dialética para o ensino sobre ciência e sobre tecnologia no âmbito do ensino das ciências, entendendo o exercício dialético como caminho para superação da polarização que empobrece o debate e suprime as necessárias perspectivas histórica, cultural e crítica que devem participar da agenda formativa do Ensino de Ciência.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v11i1.2158

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

   4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional