Grupos de estudo e pesquisa e o movimento de constituição da Identidade Profissional de professores que ensinam Matemática e de investigadores

Palavras-chave: Educação matemática, Identidade Profissional, Formação de professores que ensinam matemática, Grupos de Estudo e Pesquisa

Resumo

Resumo: No presente artigo, apresenta-se um ensaio teórico, cujo objetivo é discutir o papel dos grupos de estudo e pesquisa em programas de pós-graduação em Educação Matemática (PPGEM) no movimento de constituição da identidade profissional (IP) de professores que ensinam matemática (PEM) e de investigadores. Inicialmente, serão descritos os esforços em produzir uma caracterização para o movimento de constituição da IP de PEM, ancorada no revezamento entre ações de formação e de teorização. Desafiado a produzir novas experiências de pensamento e ação, discute-se aqui o papel de grupos de estudo e pesquisa em PPGEM na articulação entre os diferentes domínios constituintes desta categorização. Conclui-se que os grupos de estudo e pesquisa em PPGEM se configuram como uma prática proeminente para criar um ambiente de apoio à agência e minimizar as tensões que os professores e os investigadores experimentam como resultado da sobreposição ou da intersecção de identidades sociais e sistemas relacionados à opressão, à dominação ou à discriminação, e das demandas do ensino focalizado na disciplina e na investigação, aspectos que devem ser considerados no movimento de constituição da IP de PEM e de investigadores. Palavras-chave: Educação matemática; Identidade Profissional; Formação de professores que ensinam matemática; Grupos de Estudo e Pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BALDINI, L.A.F.; CYRINO, M.C.C.T. Elementos da prática de uma Comunidade de Prática de professores de Matemática na utilização do Software GeoGebra. Unión, San Cristobal de La Laguna, v. 45, p. 184-204, 2016.

BALL, D.L.; BASS, H. Toward a practice-based theory of mathematical knowledge for teaching. In: SIMMT, E.; DAVIS, B. (Eds.). Proceedings of the Annual Meeting of the Canadian Mathematics Education Study Group Kingston. Canadá: CMESG Program Committee, p. 3-14, 2002.

BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content knowledge for teaching: What makes it special? Journal of Teacher Education, Thousand Oaks, CA, v. 59, n. 5, p. 389-407, Nov./Dec. 2008.

BALL, S. J. The teacher’s soul and the terrors of performativity. Journal of Educational Policy, n. 18, p. 215-228, 2003.

BEIJAARD, D.; MEIJER, P. C.; VERLOOP, N. Reconsidering research on teachers’ professional identity. Teaching and Teacher Education, Philadelphia: Elsevier, v. 20, p. 107-128, 2004. doi:10.1016/j.tate.2003.07.001.

CONNELLY, F. M.; CLANDININ, D. J. (Eds.). Shaping a professional identity. Stories of educational practice. New York: Teachers College Press, 1999.

CYRINO, M.C.C.T. Mathematics teachers’ professional identity development in communities of practice: Reifications of proportional reasoning teaching. Bolema, Rio Claro-SP, v. 30, n. 54, p. 165-187, Abril 2016. doi: 10.1590/1980-4415v30n54a08

CYRINO, M.C.C.T. Identidade profissional de (futuros) professores que ensinam Matemática. Perspectivas da Educação Matemática, Mato Grosso do Sul, v. 10, p. 699- 712, 2017.

CYRINO, M.C.C.T. Prospective mathematics teacher’s professional identity. In: STRUTCHENS, M. E.: HUANG, R.; POTARI, D., LOSANO, L. (Org.). ICME-13 Monographs. 1.ed. Switzerland: Springer International Publishing, v. 1, p. 269-285, 2018.

CYRINO, M. C. C. T.; CALDEIRA, J. S. Processos de negociação de significados sobre pensamento algébrico em uma comunidade de prática de formação inicial de professores de matemática. Revista Investigações em Ensino de Ciências, v.16, n.3, p. 373-401, dez. 2011.

DARRAGH, L. Identity research in mathematics education. Educational Studies in Mathematics, v. 93, n. 1, p. 19-33, 2016.

DAY, C., GU, Q. The new lives of teachers (1st ed.). London: Routledge, 2010.

DAY, C.; HONG, J. Influences on the capacities for emotional resilience of teachers in schools serving disadvantaged urban communities: Challenges of living on the edge. Teaching and Teacher Education, v. 59, p.115-125, 2016.

DE PAULA, E. F.; CYRINO, M.C.C.T. Identidade profissional de professores que ensinam Matemática: panorama de pesquisas brasileiras entre 2001-2012. ZETETIKÉ (on line), v. 25, p. 27-45, 2017.

DE PAULA, E. F.; CYRINO, M.C.C.T. Perspectivas de identidade profissional de professores que ensinam matemática presentes em dissertações e teses brasileiras. In: CYRINO, M. C. C. T. (Org.). Temáticas emergentes de pesquisas sobre a formação de professores que ensinam matemática: desafios e perspectivas. 1ed.Brasília: SBEM- Biblioteca do Educador v.10, v. 1, p. 126-154, 2018a.

DE PAULA, E. F.; CYRINO, M.C.C.T. Perspectivas de Identidade Profissional de Professores que ensinam Matemática presentes em artigos científicos publicados entre 2006-2016. Acta Scientiae, Canoas, 2018b no prelo.

ELBAZ–LUWISCH, F. Writing as inquiry: Storying the teaching self in writing workshops. Curriculum Inquiry, v. 32, n. 4, p. 403-428, 2002.

ESTEVAM, E. J. G.; CYRINO, M.C.C.T. Desenvolvimento Profissional de professores em Educação Estatística. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática, v. 9, p. 115-150, 2016.

ESTEVAM, E. J. G.; CYRINO, M.C.C.T.; OLIVEIRA, H. M. Análise de vídeos de aula na promoção de reflexões sobre o ensino exploratório de Estatística em uma comunidade de professores. Quadrante, LISBOA, v. XXVI, p. 145-169, 2017.

ESTEVAM, E. J. G.; CYRINO, M.C.C.T.; OLIVEIRA, H. M. Desenvolvimento do conhecimento estatístico para ensinar a partir da análise de tarefas em uma comunidade de professores de matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v. 9, p. 32-51, 2018.

ETELÄPELTO, A.; VÄHÄSANTANEN, K.; HÖKKÄ, P.; PALONIEMI, S. What is agency? Conceptualizing professional agency at work. Educational Research Review, n. 10, p. 45-65, 2013.

FOUCAUT, M. Estratégia, Poder-Saber (Ditos e Escritos, vol. IV). Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GARCIA, T.M.R. Identidade profissional de professores de Matemática em uma comunidade de prática. 2014. 164 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 12a ed. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

KELCHTERMANS, G. Who I am in how I teach is the message: self‐understanding, vulnerability and reflection. Teachers and Teaching: Theory and Practice, v.15, n.2, p. 257-272, 2009.

KELCHTERMANS, G. Professional self-understanding in Practice: Narrating, navigating and negotiating. In: Schutz, P. A.; Hong, J.; Francis, D. C. (Eds.). Research on Teacher Identity: mapping challenges and innovations. Switzerland: Springer International Publishing, p. 229-240, 2018. doi: 10.1007/978-3-319-93836-3_20

LASKY, S. A sociocultural approach to understanding teacher identity, agency and professional vulnerability in a context of secondary school reform. Teaching and Teacher Education, v. 21, n. 8, p. 899-916, 2005.

LESSARD–HEBERT, M.; GOYETTE, G.; BOUTIN, G. Investigação qualitativa: fundamentos e práticas. Lisboa: Instituto Piaget, 1994.

LORTIE, D. The schoolteacher: A sociological study. Chicago: University of Chicago Press, 1975.

LOSANO, L.; CYRINO, M.C.C.T. Current Research on Prospective Secondary Mathematics Teachers Professional Identity. In: STRUTCHENS M. E.; HUANG, R.; LOSANO, L.; POTARI, D.; PONTE, J. P. DA; CYRINO, M.C.C.T.; ZBIEK, R. M. (Org.). ICME-13 Topical Surveys. 1ed.Cham - Switzerland: Springer International Publishing, v. VIII, p. 25-32, 2017.

NAGY, M. C.; CYRINO, M. C. C. T. Aprendizagens de professoras que ensinam Matemática em uma Comunidade de Prática. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 23, n.41, p.149-163, jan./jul. 2014.

OLIVEIRA, H. M.; CYRINO, M.C.C.T. A formação inicial de professores de Matemática em Portugal e no Brasil: narrativas de vulnerabilidade e agência. Interacções, Santarém, v. 7, p. 104-130, 2011.

OLIVEIRA, L. M. C. P. de. Aprendizagens no empreendimento estudo do raciocínio proporcional. 2014. 198 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SETI. Programa de Extensão Universitária Universidade sem Fronteiras – SETI / PR: subprograma: apoio às licenciaturas. Curitiba, 2007.

ROCHA, M. R. Um estudo a respeito de empreendimentos de uma Comunidade de Prática de Professores de Matemática na busca de aprender e ensinar frações. 2013. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - UEL, Londrina, 2013.

SFARD, A.; PRUSAK, A. Telling identities: In search of an analytic tool for investigating learning as a culturally shaped activity. Educational Researcher, v. 34, n. 4, p. 14-22, 2005. doi: 10.3102/0013189X034004014

SHULMAN, L. Those Who Understand: knowledge growth in teaching. Educational Research. Washington, v. 12, n. 2, p. 4-14, Fev. 1986.

SHULMAN, L. Knowledge an teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review. v. 51, n.1, p. 1- 22, Fev. 1987.

SILVERMAN, J.; THOMPSON, P. W. Toward a framework for the development of mathematical knowledge for teaching. Journal of Mathematics Teacher Education, n. 11, p. 499-511, 2008.

WENGER, E. Communities of Practice: learning, meaning and identity. New York: Cambridge University Press, 1998.

WENGER, E.; McDERMOTT, R.; SNYDER, W. M. Cultivating communities of practice. Boston: Harvard Business School Press, 2002.

Publicado
2018-12-19
Como Citar
CYRINO, M. C. DE C. T. Grupos de estudo e pesquisa e o movimento de constituição da Identidade Profissional de professores que ensinam Matemática e de investigadores. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 9, n. 6, p. 01 - 17, 19 dez. 2018.