Contribuições do observatório de educação de uma universidade na formação de docentes da escola básica

Palavras-chave: Ensino de Matemática, Formação de Professores, Observatório da Educação.

Resumo

Este artigo caracteriza-se como pesquisa qualitativa e propõe-se a analisar as implicações de ações realizadas no Observatório de Educação. O referido Programa teve como objetivo problematizar estratégias metodológicas com vistas à implementação de diferentes práticas pedagógicas e reorganização curricular da Matemática na Educação Básica. Os dados produzidos, com duas professoras, por meio de entrevistas individuais e em grupo foram analisados mediante a análise textual discursiva, surgindo quatro categorias: mudanças na prática pedagógica; a escrita no decorrer do projeto; cursos de formação continuada; a importância do grupo para diminuir a insegurança e compartilhar ideias. Por meio deste estudo, conclui-se que o trabalho em equipe contribuiu para a prática pedagógica das docentes e para o desenvolvimento de atividades inovadoras, leituras, pesquisas, registros, produção de artigos científicos e cursos de formação continuada, utilizando-se de experiências individuais para a construção de atividades com abrangência coletiva. Palavras-chave: Ensino de Matemática. Formação de Professores. Observatório da Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANASTASIOU, L. das G. C.; ALVES, L. P. Processos de ensínagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 5ª ed. Joenville: Univille, 2005.

BIEMBENGUT, M. S.; HEIN, N. Modelagem matemática no ensino. São Paulo: Contexto, 2007.

BRASIL, BNCC – Base Nacional Comum Curricular. 2015.

BRUNHEIRA, L.; FONSECA, H. Investigar na aula de Matemática. Educação e Matemática, Lisboa, n. 35, p. 16-18, 1995.

CAMPOS, C. R.; WODEWOTZKI, M. L. L.; JACOBINI, O. R. Educação estatística:teoria e prática em ambientes de modelagem matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

CARBONELL, J. A aventura de inovar: a mudança na escola. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

COSTA, L. Vivências autoformativas no ensino de Matemática: vida e formação em escolas ribeirinhas. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências e Matemática), Instituto de Educação Matemática e Científica da UFPA, Belém (PA), 2015.

DEAQUINO, C. T. E. Como aprender: andragogia e as habilidades de aprendizagem.São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências:fundamentos e métodos. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2002.

DEMO, P. Pesquisa: princípio científico e educativo. 12ª ed. São Paulo: Cortez, 2006.

FREITAS, M. T. M. A escrita no processo de formação contínua do professor de Matemática. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática). Universidade Estadual de Campinas. São Paulo (SP), 2006.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GHEDIN, E. Tendências e dimensões da formação do professor na contemporaneidade.4° CONPEF. Universidade Estadual de Londrina, Londrina (PR), 2009. GIL, A. C. O que é didática no ensino superior. São Paulo: Atlas, 2012.

GIONGO, I. M. Disciplinamento e resistência dos corpos e dos saberes: um estudo sobre a educação matemática da Escola Estadual Técnica Agrícola Guaporé. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Educação). Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo (RS), 2008.

KNIJNIK, G.; WANDERER, F.; GIONGO, I. M.; DUARTE, C. G. Etnomatemática em

movimento. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

KNIJNIK, G.; WANDERER, F.; OLIVEIRA, C. J. de. Etnomatemática, currículo e formação de professores. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006.

LAMONATO, M.; PASSOS, C. L. B. Discutindo resolução de problemas e exploração- investigação matemática: reflexos para o ensino da Matemática. Zetetiké, Campinas, v. 19, n. 36, p. 51-74, 2011.

MACCALI, L. Atividades investigativas para o ensino da álgebra em turmas de 7° ano e 9° ano do ensino fundamental. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós- Graduação Profissional em Ensino de Ciências Exatas). Univates, Lajeado (RS), 2017.

MEYER, J. F. da C. de A.; CALDEIRA, A. D.; MALHEIROS, A. P. dos S. Modelagem em educação matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. do C. Análise textual discursiva. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2007, 224 p.

NÓVOA, A. Para uma formação de professores construída dentro da profissão. In:Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

PERANSONI, A. de C. M. Formação de grupos de estudos com professores dos anos iniciais do ensino fundamental na perspectiva da etnomatemática. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação Profissional em Ensino de Ciências Exatas). Univates, Lajeado (RS), 2015.

PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 2000.

PONTE, J. P. da; BROCARDO, J.; OLIVEIRA, H. Investigações matemáticas na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

RINALDI, C. Diálogos com Reggio Emilia: escutar, investigar e aprender. São Paulo: Paz e Terra, 2016.

ROCHA, G. D. F da. Formação continuada de professores de Matemática na EFAP: os significados de um grupo de professores. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação Profissional em Educação). UFSCar. São Carlos (SP), 2015.

SANTOS, W. L. P. dos. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 36, set./dez. 2007.

SMOLE, K. S. Textos em Matemática: por que não? In: SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I. (Org.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender Matemática. Porto Alegre: ARTMED, 2001.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2008.

WERNER, D.; BOWER, B. Aprendendo e ensinando a cuidar da saúde. 3ª ed. São Paulo: Paulinas, 1984.

Publicado
2020-07-22
Como Citar
FRANZONI, P.; GIONGO, I. M.; QUARTIERI, M. T.; REHFELDT, M. J. H.; DOS SANTOS, T. N. Contribuições do observatório de educação de uma universidade na formação de docentes da escola básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 4, p. 95-112, 22 jul. 2020.
Seção
Artigos Gerais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##