Uma análise dos conteúdos conceituais presentes no ensino de derivadas

Palavras-chave: Conteúdos conceituais, , procedimentais, derivadas

Resumo

O ensino de derivadas apresenta uma série de obstáculos que acabam por dificultar a sua efetiva aplicação nas aulas de Cálculo. Na maioria das vezes, os docentes priorizam o ensino apenas da definição de derivada, não levando em consideração a aplicação de estratégias que visam à mobilização da natureza procedimental e atitudinal dos conteúdos, excluindo as contribuições que esses fornecem para a formação integral dos aprendizes. Assim, esse trabalho evidencia uma análise dos conteúdos conceituais presentes no ensino de derivadas em três artigos do Bolema (Boletim de Educação Matemática), objetivando destacar as categorias procedimentais e atitudinais, além das conceituais, baseadas nos pressupostos de POZO e CRESPO (2009). A compreensão dessas categorias e de suas interelações podem tornar esse conteúdo mais concreto para sua efetiva aplicação nas aulas de Cálculo. Palavras-chaves: Conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais. Derivadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, J. R. The architecture of cognition. Cambrigde: Massachusetts Harvard University Press, 1983.

ASIALA, M.; BROWN, A.; DE VRIES, D.; DUBINSKY, E.; MATHEWS, D.; THOMAS, K. A

framework for research and curriculum development in undergraduate mathematics education. CBMS Issues in Mathematics Education, Providence R.I, v. 6, p. 1-32, 1996.

AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D.; HANESIAN, H. Educational Psycology. A Cognitive View. 2. ed. New York: Holt, Rinehart & Winston, 1978.

CANTORAL, R.; FARFÁN, R.; CORDERO, F.; ALANÍS, J.; RODRÍGUEZ, R.; GARZA, A.

Desarrollo del pensamiento matemático. México: Trillas, 2003.

GOMES, E. C.; BATISTA, M. C.; FUSINATO, P. A. O estudo das ondas eletromagnéticas a partir do enfoque CTS: uma possibilidade para o ensino de física no ensino médio. REnCiMa, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 109-125, 2017.

MAIESKI, S.; OLIVEIRA, K. L.; BZUNECK, J. A. Motivação para aprender: o autorrelato de professores brasileiros e chilenos. Psico-USF, Bragança Paulista, v. 18, n. 1, p. 53-64, jan./abril 2013.

PFUNDT, H.; DUIT, R. A. Bibliography: student’ alternative frameworks and science education. 4. ed. Kiel: Institute for Science education, 1994.

PIAGET, J.; INHELDER, B. Psicología del niño. 8. ed. Madrid: Ediciones Morata, 1978.

POZO, J. I. “El aprendizaje y la enseñanza de hechos y conceptos”. En: C. Coll; J. I. Pozo; B. Sarabia y E. Valls: Los contenidos en la reforma. Enseñanza y aprendizaje de conceptos, procedimientos y actitudes. Madrid: Santillana, 1992.

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. G. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

POZO, J. I.; POSTIGO, Y. La solución de problemas como contenido procedimental en la Educación Obligatoria. En Pozo, J. I. Solución de problemas. Madrid: Santillana, 1994.

RIBEIRO, T. V.; GENOVESE, L. G. R.; COLHERINHAS, G. O estudo de temas tecnológicos na educação CTSA: uma experiência de alfabetização científica e tecnológica no ensino médio. REnCiMa, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 38-58, 2016.

SÁNCHEZ-MATAMOROS, G.; GARCÍA, M.; LLINARES, S. Algunos Indicadores del Desarrollo del Esquema de Derivada de una Función. Bolema, Rio Claro, v. 27, n. 45, p. 281 – 302, abr. 2013.

TAPIA, J. A.; FITA, E. C. A motivação em sala de aula. 7. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

URQUIETA, M. A. V.; YAÑEZ, J. C.; ANDRADE, J. S. Análisis según el Modelo Cognitivo APOS* del Aprendizaje Construido del Concepto de la Derivada. Bolema, Rio Claro, v. 28, n. 48, p. 403 – 429, abr. 2014.

VRANCKEN, S.; ENGLER, A. Una Introducción a la Derivada desde la Variación y el Cambio: resultados de una investigación con estudiantes de primer año de la universidad. Bolema, Rio Claro, v. 28, n. 48, p. 449 – 468, abr. 2014.

Publicado
2020-07-22
Como Citar
SILVA, J. R. D. DA. Uma análise dos conteúdos conceituais presentes no ensino de derivadas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, v. 11, n. 4, p. 348-368, 22 jul. 2020.
Seção
Artigos Gerais