JOGOS DE LINGUAGEM EVIDENCIADOS EM ATIVIDADES DE MODELAGEM MATEMÁTICA

Daniel Santos de Carvalho, Marisa Rosâni Abreu Silveira

Resumo


Neste artigo nosso objetivo é evidenciar e analisar as contribuições da filosofia da linguagem de Wittgenstein em atividades de Modelagem Matemática desenvolvida com um grupo de alunos da disciplina de Pré- Cálculo no Curso de Engenharia Elétrica no IFMA – Campus Imperatriz. A abordagem foi qualitativa buscando compreensões das atitudes dos alunos ao estabelecerem jogos de linguagem na tentativa de buscar significações às tarefas. Concluímos que tais jogos estão presentes em todas as etapas do desenvolvimento de Modelagem Matemática, que a resolução de problemas surge a partir do contexto vivenciado pelos alunos e que são regidas por regras estabelecidas previamente. Os alunos enfatizaram que questões contextualizadas ajudam a compreender as aplicações da matemática no cotidiano.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i5.1473

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

 4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional