MODELAGEM COMPUTACIONAL NUM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA: PERCEPÇÕES DOS PROFESSORES

Marli Teresinha Quartieri, Andréia Spessatto De Maman, Maria Madalena Dullius, Italo Gabriel Neide, Romildo Pereira da Cruz

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados obtidosde um curso de formação continuada com o objetivo de realizar modelagem computacional por meio do software Modellus, para trabalhar o conceito de Movimento Retilíneo Uniforme. O curso foi realizado em dez encontros, sendo oito presenciais e dois a distância, o qual envolveu 22 professores da Educação Básica de diferentes municípios do Vale do Taquari, Rio Grande do Sul/RS e arredores. A pesquisa foi de cunho qualitativa e apresentou características de um estudo de caso. Os instrumentos de coleta de dados foram questionários, fotografias e gravações das discusões realizadas durante os encontros. No decorrer do curso os participantes foram, constantemente, instigados a desenvolver  atividades com o uso de tecnologias em sua prática pedagógica. De acordo com a análise dos dados coletados, pode-se inferir que a experiência vivenciada foi significativa, por contribuir como meio de motivação, para o professor integrar os aplicativos computacionais em sua prática pedagógica. Além disso, a formação continuada pode ser um dos caminhos possíveis para que os professores comecem a utilizar recursos tecnológicos, em especial na abordagem de conteúdos de Ciências.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i6.1367

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

   4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional