PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA UTILIZAÇÃO DO FILME BICHO DE SETE CABEÇAS NA PERSPECTIVA DA SAUDE MENTAL E REDUÇÃO DE DANOS DO USO ABUSIVO DE DROGAS

Francisco José Figueiredo Coelho, Marcelo Diniz Monteiro De Barros, Talita de Assis

Resumo


Este ensaio descreve uma proposta pedagógica para utilização do filme brasileiro Bicho de sete cabeças, promovendo debates sobre a saúde mental e o uso abusivo de drogas entre os jovens. O  audiovisual conta a história de um adolescente que gosta de desafios, como fumar maconha e pichar muros da cidade. O drama familiar atinge seu ápice quando seus pais decidem interná-lo num hospital psiquiátrico. Partindo dessa película, essa proposta metodológica foi construída, sustentada pela experiência docente dos autores em diálogo com a literatura.  Pela sua amplitude, pode ser utilizada na educação básica e no ensino superior, inclusive pelos familiares. Atende as demandas da LDB e dos PCN, abarcando possibilidades de aliar o filme com outros audiovisuais  e  ferramentas (como letras de música e charges) de acesso gratuito. A proposta convida os adolescentes a falarem sobre drogas sem medo, buscando oportunizar conhecer mais sobre o assunto e reduzir danos à saúde.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i5.1366

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

 4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional