APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA EM AULAS DE STREAMING: UMA ANÁLISE À LUZ DAS TEORIAS DA TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA E DA TRANSPOSIÇÃO INFORMÁTICA

Klayton Santana Porto, Luana Silva Santana, Almir Oliveira Soares Neto, Idalina Souza Mascarenhas Borghi

Resumo


Esta pesquisa teve como objetivo investigar como ocorrem os processos de Transposição Didática e Transposição Informática nas aulas de Matemática via streaming, desenvolvidas no EMITec. Realizamos uma pesquisa de cunho qualitativo desenvolvida por meio de um estudo de caso, a qual utilizamos a Teoria da Transposição Didática – TTD (CHEVALLARD,1991) e a Teoria da Transposição Informática – TTI (BALACHEFF, 1994) oriundas da Didática da Matemática como estratégias de análise para avaliação de uma proposta didática desenvolvida no EMITec. A coleta de dados ocorreu por meio da análise das situações de ensino e aprendizagem da matemática que são utilizadas como aulas mediadas por TIC’s em formato de Streaming,  sendo utilizada uma abordagem qualitativa para análise destes dados à luz da TTD e TTI. Os dados revelaram as atividades desenvolvidas na proposta didática estão concernentes às teorias utilizadas em nossa análise, sobretudo, percebemos que tais atividades conseguem facilitar a aprendizagem da matemática, sobretudo por meio da utilização de recursos didáticos e informatizados criados, mantidos e explorados pelos professores do EMITec. Desse modo, ressaltamos que, por se tratar de um tema relativamente novo na área do ensino da Matemática, maiores aprofundamentos deverão ser realizados, sobretudo levando em consideração a mediação professor-aluno-TIC.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v11i1.1339

Apontamentos



ISSN 2179-426X

Principais Indexadores e Banco de Dados 

   4fscprrsdbplgx1korycxmt8hz22jwbgfztn2wy3tm8yqmxkqtam7cpmcsaml9ttq_400      base_sumarios-org_696      logo-oei_400      latindex_376 diadorimq_600

 

Licença Creative Commons
A REnCiMa está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional