CONTRIBUIÇÕES DE UM PROCESSO FORMATIVO PARA PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS NO USO DE SOFTWARES EDUCATIVOS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA

  • Fabio Douglas Farias PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PUC/SP
  • Ana Lúcia Manrique PUC/SP

Resumo

Este artigo busca identificar contribuições no uso de softwares educativos para o ensino da matemática de um grupo de professoras dos anos iniciais do ensino fundamental participantes do Projeto Observatório da Educação: “Desafio para a Educação Inclusiva: pensando a formação de professores sobre os processos de domínio da Matemática nas séries inicias da Educação Básica”. Para tanto foram observados 15 encontros de formação realizados às quartas-feiras no 2º semestre de 2013 no laboratório EDUMATEC – Laboratório do Observatório da Educação Matemática e da Tecnologia da PUC-SP. O objetivo desses encontros foi: apresentação e discussão das atividades sobre alguns jogos computacionais e softwares matemáticos; estudo no laboratório de informática dos softwares educativos previamente selecionados pelo grupo; discussão, preparação e avaliação das oficinas que foram realizadas em escolas públicas. Além dos encontros de formação, também foram observadas as oficinas realizadas nas escolas. Essas oficinas foram ministradas pelas próprias professoras dos anos iniciais participantes do projeto em suas escolas como uma atividade de trabalho pedagógico coletivo para todos os professores das escolas. A pesquisa foi desenvolvida sob a perspectiva de uma metodologia de pesquisa qualitativa. Utilizamos o modelo f@r: formação-ação-reflexão apresentado em Costa (2012) como referencial teórico. Dessa forma, concluímos que a formação com base nesse modelo, construída por meio de um processo periódico de pesquisa, apresentação e discussão, que envolveu reflexões sobre as suas ações, contribuiu para autonomia das professoras em realizar oficinas em suas próprias escolas para os demais professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-05-19