NOMEAÇÃO DOS PRISMAS: DESCOBERTAS E AVANÇOS DE ALUNOS E PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Grace Zaggia Utimura UNICSUL
  • Edda Curi UNICSUL

Resumo

Para este trabalho o objetivo é apresentar os resultados parciais de uma pesquisa em andamento para o Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática, na Universidade Cruzeiro do Sul, baseado em um Programa de Docência Compartilhada, desenvolvido entre a parceria de três professoras de uma mesma escola, da Rede Pública Municipal de São Paulo, sendo duas professoras dos anos iniciais e uma especialista em Matemática. Nesse processo, incluem-se estudos teóricos, preparação, desenvolvimento, análise e nova organização das aulas, possibilitando avanços dos alunos e das professoras. Esse Programa tem como perspectiva o planejamento conjunto de aulas, a execução compartilhada, a reflexão conjunta e o replanejamento das aulas desenvolvidas. Esse movimento se assemelha ao que alguns autores chamam de “Estudos de Aula”, tradução de Lesson Study. Nosso trabalho versa sobre as Formas Tridimensionais, conteúdo de pouco domínio da maioria dos professores dos anos iniciais, além de poucos cursos de Formação Continuada, oferecidos aos professores relacionados ao ensino e a aprendizagem de Geometria. Mesmo com o projeto em desenvolvimento, já é possível analisar as aprendizagens dos alunos em relação às Formas Tridimensionais e, alguns ganhos para as aprendizagens das professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental, pois a parceria entre as professoras possibilitaram reflexões sobre o ensino e a linguagem matemática adequada e necessária para que os alunos aprendam, além de novas experiências e discussões entre professores dos anos iniciais e especialistas.
Publicado
2015-05-20