AUTISMO: UM ESTUDO SOBRE ESTRATÉGIAS DE ENSINO PARA AULAS DE MATEMÁTICA INCLUSIVAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA

  • Sofia Seixas Takinaga
  • Ana Lúcia Manrique

Resumo

Nesse artigo apresentamos parte de nossa pesquisa de mestrado, em andamento, a qual tem como objetivo analisar estratégias de ensino, praticadas por profissionais de escolas regulares e de Educação Especial, visando à aprendizagem da Matemática por pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Frente ao atual debate sobre a inclusão escolar, cada vez mais cabe à escola o papel de educar alunos com necessidades educacionais especiais, incluindo autistas, o que demanda propostas educacionais eficazes, de maneira a servir como referencial para profissionais que tenham alunos com essas características em suas salas de aula. Para formarmos uma visão crítica acerca do tema buscamos, em fontes documentais, informações gerais sobre o Transtorno do Espectro do Autismo, como: trajetória histórica, definições e características; além de fatores que possam influenciar no desenvolvimento de habilidades escolares por indivíduos com autismo. Realizamos um levantamento bibliográfico sobre o tema em questão, o que acabou por revelar a carência de pesquisas voltadas ao desenvolvimento de habilidades matemáticas de alunos com autismo. As pesquisas que contemplam esse levantamento indicam em suas considerações finais a necessidade de novas investigações que validem os procedimentos desenvolvidos em seus estudos e que busquem métodos promissores de ensino da Matemática para alunos com Transtorno do Espectro do Autismo
Publicado
2015-05-22