ANÁLISE PRAXEOLÓGICA DE TAREFAS DE ÁREA E PERÍMETRO NO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Debora Virgilia Canne Universidade Cruzeiro do Sul
  • Cintia Aparecida Bento dos Santos

Resumo

Este trabalho é um recorte da nossa pesquisa de mestrado na qual estamos analisando como são institucionalizadas as noções de área e perímetro ao longo dos anos finais do Ensino Fundamental nos Cadernos de Matemática do Aluno, em relação ao que é proposto no Currículo do Estado de São Paulo. Com isso, vamos expor o quadro de análise para algumas tarefas do 8º ano. Pretendemos mostrar o que revelam os Cadernos de Matemática do Aluno e do Professor do Ensino Fundamental da rede Pública do Estado de São Paulo, em relação às noções de área e perímetro. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, pois não estamos trabalhando com a representação numérica dos dados, e sim, com o que esses dados podem nos revelar. A técnica adequada ao nosso trabalho é a de análise documental, sendo os Cadernos do Aluno e do Professor as nossas fontes de dados. Os dados para a pesquisa foram construídos a partir da seleção rigorosa de todas as tarefas apresentadas nos Cadernos do Aluno e suas respectivas orientações de ensino contidas no Caderno do Professor, referentes à noção de área e perímetro. Nosso referencial teórico está apoiado na Teoria Antropológica do Didático de Yves Chevallard (1992), Objetos Ostensivos e Não ostensivos de Marianna Bosch e Yves Chevallard (1999), Nível esperado de aprendizagem de Aline Robert (1998).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Debora Virgilia Canne, Universidade Cruzeiro do Sul
Aluna do Programa de Mestrado no Ensino de Ciencias e Matemática.Orientadora: Prof. Dra. Cintia A. B. dos Santos
Publicado
2015-05-19