EDUCAÇÃO SÓCIO-AMBIENTAL DESENVOLVIDA SOB O ENFOQUE CTS ENTRE ALUNOS DO CURSO TÉCNICO DE NIVEL MÉDIO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL DO IFSP

  • Ricardo Formenton Universidade Cruzeiro do Sul e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, campus Guarulhos.
  • Mauro Sérgio Teixeira de Araújo Universidade Cruzeiro do Sul

Resumo

Este artigo enfoca elementos de Educação Ambiental (EA) desenvolvidos sob o enfoque CTS entre alunos do curso profissionalizante em Automação Industrial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus Guarulhos. O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do Instituto aponta para a necessidade de uma formação ampliada para o curso técnico de nível médio e, portanto, assume relevância: a) o desenvolvimento de elementos de educação ambiental tendo por base a temática das fontes de energia automotiva; b) facilitar o entendimento de que conteúdos específicos da Física ultrapassam os limites da escola; c) aprimorar os processos de ensino e de aprendizagem em Física realizados no IFSP tendo por base abordagens contextualizadas. As reflexões vygotskianas fundamentaram nossas ações pedagógicas, sempre atentas à importância do aspecto histórico-cultural de cada indivíduo para desenvolvimento de conceitos, enfatizando o quanto é desafiadora e motivadora a carreira docente nos dias atuais. Assim, visamos despertar a conscientização sobre impactos sócio-ambientais advindos da Ciência e Tecnologia (C&T), empregando uma pluralidade de ações pedagógicas como aulas expositivas, pesquisas, seminários, experimentação e debate, envolvendo 108 alunos na disciplina Máquinas Elétricas. Utilizamos a abordagem temática “Fontes de Energia Automotiva”, estimulando reflexões acerca dos impactos da C&T sobre o meio ambiente e a qualidade de vida dos indivíduos, salientando relações com os sistemas de produção e consumo, efeitos dos processos de produção de energia, bem como efeitos de nossas ações diárias na cidade onde moramos ou trabalhamos.

Biografia do Autor

Ricardo Formenton, Universidade Cruzeiro do Sul e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, campus Guarulhos.
Doutorando na Universidade Cruzeiro do Sul e docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, campus Guarulhos.
Mauro Sérgio Teixeira de Araújo, Universidade Cruzeiro do Sul
Pesquisador e docente da pós-graduação na Universidade Cruzeiro do Sul
Publicado
2015-05-20